Covid-19: Índia registou 1.179 mortes e 80.472 casos nas últimas 24 horas

A Índia registou 1.179 mortes provocadas por covid-19 no último dia, além de 80.472 casos, um declínio no número diário de infeções, que chegaram a rondar 100 mil em meados deste mês.

Covid-19: Índia registou 1.179  mortes e 80.472 casos nas últimas 24 horas

Covid-19: Índia registou 1.179 mortes e 80.472 casos nas últimas 24 horas

A Índia registou 1.179 mortes provocadas por covid-19 no último dia, além de 80.472 casos, um declínio no número diário de infeções, que chegaram a rondar 100 mil em meados deste mês.

Nova Deli, 30 set 2020 (Lusa) – A Índia registou 1.179 mortes provocadas pelo novo coronavírus no último dia, além de 80.472 casos, um declínio no número diário de infeções, que chegaram a rondar 100 mil em meados deste mês, anunciaram as autoridades.

Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou 97.497 mortos e mais de 6,2 milhões de casos, com 2,5 milhões só em setembro, esperando-se que em algumas semanas ultrapasse os Estados Unidos, atualmente o país com mais infetados (mais de 7,1 milhões).

Na terça-feira, um estudo serológico realizado pelo Conselho Indiano de Investigação Médica revelou que 6,6% da população daquele país com mais de 10 anos já foi exposta ao novo coronavírus, o que corresponde a cerca de 62 milhões de pessoas.

O estudo analisou 29.082 pessoas entre agosto e setembro.

O vice-presidente indiano, Venkaiah Naidu, testou positivo na terça-feira e foi aconselhado a fazer quarentena domiciliária. O governante, de 71 anos, está assintomático e de boa saúde, informou o seu gabinete.

O ministro do Interior indiano, Amit Shah, tinha sido infetado no mês passado, mas já recuperou, após ter sido internado num hospital.

Apesar do grande número de infeções, que chegaram a ultrapassar os 90 mil casos diários durante vários dias, com um recorde de 97.894 contágios em 16 de setembro, a Índia tem o maior número de doentes recuperados do mundo, com uma taxa de recuperação de 83%, de acordo com o Ministério da Saúde indiano.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 33,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

PTA // MIM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS