Covid-19: Incidência acumulada sobe em Espanha para 100 casos

A incidência acumulada subiu hoje em Espanha para 100 casos por cada 100.000 habitantes, tendo 10 pessoas morrido e 10.179 novos casos detetados durante o fim de semana.

Covid-19: Incidência acumulada sobe em Espanha para 100 casos

Covid-19: Incidência acumulada sobe em Espanha para 100 casos

A incidência acumulada subiu hoje em Espanha para 100 casos por cada 100.000 habitantes, tendo 10 pessoas morrido e 10.179 novos casos detetados durante o fim de semana.

Madrid, 25 jun 2021 (Lusa) — A incidência acumulada subiu hoje em Espanha para 100 casos por cada 100.000 habitantes, tendo 10 pessoas morrido e 10.179 novos casos detetados durante o fim de semana, segundo o Ministério da Saúde espanhol.

Os contágios de covid-19 continuam a subir em Espanha, desde que a tendência se ter invertido em meados da semana passada.

A incidência acumulada subiu de 95 (sexta-feira) para 100 casos diagnosticados por cada 100.000 habitantes, sendo as comunidades autónomas com os níveis mais elevados as da Andaluzia (164), Cantábria (160), La Rioja (134), Catalunha (123) e Canárias (109).

Os dados divulgados hoje elevam o número de mortes com a doença a 80.789 num total de 3.792.642 pessoas que já foram infetada pela pandemia.

O número de novos casos aumentou do fim de semana anterior para este, passando de 7.209 para 10.179, enquanto o número de mortes diminuiu de 37 para 10.

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais de todo o país 204 pessoas com a doença (243 na sexta-feira), das quais 62 na Andaluzia, 55 na Catalunha e 24 em Madrid.

Por outro lado, subiu para 2.495 o número de hospitalizados com covid-19 (2.366), o que corresponde a 2,0% das camas, dos quais 644 pacientes estão em unidades de cuidados intensivos (641), 6,9% das camas desses serviços.

De acordo com os dados oficiais, 16,6 milhões de pessoas já estão completamente vacinadas contra a covid-19 (35,0% da população total), e 24,8 milhões têm pelo menos uma das doses (52,2%), em cerca de 47,4 milhões de habitantes que tem o país.

Espanha vai voltar a exigir a apresentação de um teste PCR negativo aos turistas britânicos não vacinados que viajem para as Ilhas Baleares, devido ao aumento dos contágios de covid-19 no Reino Unido, anunciou hoje o primeiro-ministro espanhol.

Numa entrevista à rádio Cadena Ser, Pedro Sánchez disse que, desta forma, os turistas britânicos que desembarcam nas Baleares terão de cumprir os mesmos requisitos que Espanha exige aos restantes cidadãos europeus.

“Vamos aplicar [a decisão] dentro de 72 horas e assim os operadores turísticos britânicos e turistas poderão adaptar-se a estas novas regras que estou a anunciar”, disse o chefe executivo, que sublinhou a “evolução negativa” da incidência acumulada em catorze dias no Reino Unido, que está “bem acima” dos 150 casos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.925.816 de vítimas em todo o mundo, resultantes de 181.026.547 casos de infeção diagnosticados oficialmente, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.086 pessoas e foram confirmados 875.449 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

FPB // PMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS