Covid-19: Incidência acumulada em Espanha sobe para 139 casos

A incidência acumulada de contágios de covid-19 em Espanha subiu hoje para 139,1 casos por cada 100.000 habitantes diagnosticados nas últimas duas semanas, mais sete casos do que na sexta-feira.

Covid-19: Incidência acumulada em Espanha sobe para 139 casos

Covid-19: Incidência acumulada em Espanha sobe para 139 casos

A incidência acumulada de contágios de covid-19 em Espanha subiu hoje para 139,1 casos por cada 100.000 habitantes diagnosticados nas últimas duas semanas, mais sete casos do que na sexta-feira.

Segundo a atualização diária do Ministério da Saúde espanhol, o indicador da velocidade de transmissão da doença passou de 132,2 casos (segunda-feira) para 139,1 (hoje) por cada 100.000 habitantes diagnosticados nos últimos 14 dias.

Por outro lado, o país registou 6.777 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 desde segunda-feira, tendo os serviços sanitários também notificado mais 34 mortes atribuídas à doença covid-19 durante o mesmo período.

O número total de casos notificados em Espanha desde o início da pandemia é de 5.103.315 e já morreram 87.866 pessoas devido à doença

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais de todo o país 481 pessoas com covid-19 e o número de doentes hospitalizados subiu para 3.004 (eram 2.880 na segunda-feira), o que corresponde a 2,42% das camas ocupadas.

Destes, 547 estão em unidades de cuidados intensivos (522 na segunda-feira), ocupando 5,97% das camas desses serviços.

O Ministério da Saúde espanhol também informou hoje que 37,56 milhões de pessoas já estão totalmente vacinadas contra a covid-19 (89,2% da população alvo), e 38,25 milhões têm pelo menos uma das doses do fármaco (90,8%).

A ministra da Saúde, Carolina Darias, revelou esta tarde que o Governo e as comunidades autónomas espanholas concordaram em alargar a administração de uma dose de reforço da vacina aos maiores de 60 anos e aos trabalhadores da saúde.

“Pensamos que este é um passo fundamental”, disse a responsável aos jornalistas numa conferência de imprensa.

A covid-19 provocou pelo menos 5.156.563 mortes em todo o mundo, entre mais de 257,51 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.353 pessoas e foram contabilizados 1.126.318 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

FPB // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS