Covid-19: Ilha de São Miguel com 90 novos casos nas últimas 24 horas

Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 90 novos doentes com covid-19, todos em São Miguel, elevando para 916 o total de casos ativos na região, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde do arquipélago.

Covid-19: Ilha de São Miguel com 90 novos casos nas últimas 24 horas

Covid-19: Ilha de São Miguel com 90 novos casos nas últimas 24 horas

Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 90 novos doentes com covid-19, todos em São Miguel, elevando para 916 o total de casos ativos na região, segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde do arquipélago.

De acordo com o comunicado daquela entidade, os novos casos na maior ilha dos Açores foram diagnosticados em “1.061 análises realizadas nos laboratórios de referência da região e de um número indeterminado em laboratórios privados”, sendo que 86 foram diagnosticados “em contexto de transmissão comunitária” e quatro são referentes a pessoas “com histórico de viagem e análise positiva ao sexto dia, sendo três residentes e um não residente”.

Foram ainda registadas cinco recuperações – três na Terceira e duas em São Miguel – mas há mais uma pessoa internada, totalizando agora 23 doentes hospitalizados.

Em São Miguel estão internadas 20 pessoas no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, sete das quais em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), e há três doentes internados na Terceira, no Hospital de Santo Espírito (um dos quais em UCI).

Os Açores contam atualmente com 916 casos ativos, sendo 882 em São Miguel, 25 na Terceira, três no Faial, um no Pico e cinco nas Flores.

Foram detetados até hoje na região 3.124 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se 23 mortes e 2.087 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.022.740 mortos resultantes de mais de 94,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.861 pessoas dos 549.801 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

APE // VAM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS