Covid-19: Hospital Garcia de Orta com menos internados e menor pressão nas urgências

O Hospital Garcia de Orta, em Almada, tem hoje menos 27 doentes internados por covid-19 e menos um internamento em cuidados intensivos e uma menor procura das urgências respiratórias.

Covid-19: Hospital Garcia de Orta com menos internados e menor pressão nas urgências

Covid-19: Hospital Garcia de Orta com menos internados e menor pressão nas urgências

O Hospital Garcia de Orta, em Almada, tem hoje menos 27 doentes internados por covid-19 e menos um internamento em cuidados intensivos e uma menor procura das urgências respiratórias.

O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, tem hoje menos 27 doentes internados por covid-19 no total, e regista menos um internamento em cuidados intensivos e uma menor procura das urgências respiratórias, de acordo com dados divulgados.

“O Hospital Garcia de Orta regista hoje, dia 13 de fevereiro de 2021, um total de 201 doentes positivos por infeção por SARS-CoV-2, dos quais 157 estão internados em enfermaria, 28 doentes em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) e 16 doentes internados em Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD)”, adiantou o hospital em comunicado.

Na sexta-feira, o HGO, no distrito de Setúbal, registava um total de 228 doentes covid internados, o mesmo número que se verificava no dia anterior, sendo que 29 estavam em cuidados intensivos, mais dois do que na quinta-feira.

A nota hoje divulgada refere que “a demanda do Serviço de Urgência Geral, na vertente da área respiratória, baixou”.

O hospital reforça os pedidos para que na presença de sinais ou sintomas de doença respiratória os utentes contactem primeiro a linha SNS24 (808 24 24 24) e em caso de uma situação de doença aguda procurem em primeiro lugar os médicos de família e os centros de saúde, deixando as urgências hospitalares para “situações mais complexas”.

O HGO aguarda a chegada de ajuda internacional de França, com uma equipa composta por uma médica especializada em cuidados intensivos, duas enfermeiras anestesistas e uma enfermeira lusófona, que se juntarão à unidade de cuidados intensivos do hospital a partir de segunda-feira por um período inicial de 15 dias.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 2.384.059 mortos no mundo, resultantes de mais de 108,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.034 pessoas dos 781.223 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde, de sexta-feira.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS