Covid-19: Guiné-Bissau regista cinco novos casos e mais uma morte

A Guiné-Bissau registou na última semana mais cinco casos positivos para o novo coronavírus e uma morte, segundos os dados hoje divulgados pelo Alto-Comissariado para a Covid-19.

Covid-19: Guiné-Bissau regista cinco novos casos e mais uma morte

Covid-19: Guiné-Bissau regista cinco novos casos e mais uma morte

A Guiné-Bissau registou na última semana mais cinco casos positivos para o novo coronavírus e uma morte, segundos os dados hoje divulgados pelo Alto-Comissariado para a Covid-19.

Segundo os dados, entre 02 e 08 novembro, a Guiné-Bissau realizou 1.359 novos testes, dos quais “cinco casos revelaram-se positivos para a covid-19”.

Com os cinco novos casos, a Guiné-Bissau eleva o total acumulado de casos positivos para covid-19 desde o início da pandemia para 2.419.

“Dos casos positivos reportados, três são provenientes da região do Setor Autónomo de Bissau, um da região de Chacheu e um de Biombo, os casos encontram-se atualmente em isolamento domiciliar. Neste momento, decorre o processo de mapeamento dos contactos destes casos”, refere-se no relatório divulgado à imprensa.

Segundo o documento, não há, de momento, pacientes internados por covid-19 na Guiné-Bissau, mas 115 casos permanecem ativos no país.

“Lamentamos informar que o país registou mais um óbito por covid-19 na região de Bafatá”, refere o relatório, aumentando o total acumulado para 43 vítimas mortais.

Em relação ao número de recuperados, o país registou mais 393, elevando o total de pessoas que recuperaram da covid-19 para 2.255.

Por regiões, o Setor Autónomo de Bissau continua a ser a zona do país com mais casos para covid-19, seguido das regiões de Biombo e Bafatá.

O arquipélago dos Bijagós permanece sem registo de qualquer caso.

Os primeiros casos de covid-19 na Guiné-Bissau foram registados em março.

Depois de vários meses em estado de emergência, em setembro, as autoridades guineenses decidiram declarar situação de calamidade e de emergência de saúde até 08 de dezembro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.255.803 mortos em mais de 50,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Em África, há 45.282 mortos confirmados em mais de 1,8 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Angola regista 307 óbitos e 12.433 casos, seguindo-se Cabo Verde (100 mortos e 9.369 casos), Moçambique (99 mortos e 13.768 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.092 casos), Guiné-Bissau (43 mortos e 2.419 casos) e São Tomé e Príncipe (16 mortos e 960 casos).

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de mortos (mais de 5,6 milhões de casos e 162.397 óbitos), depois dos Estados Unidos.

MSE // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS