Covid-19: Governo moçambicano quer planos de prevenção para eventual reabertura

O Governo moçambicano anunciou hoje que os pelouros das áreas suspensas devido à covid-19 vão apresentar planos de segurança sanitária para o caso de uma eventual reabertura, no final do estado de emergência, no dia 30 deste mês.

Covid-19: Governo moçambicano quer planos de prevenção para eventual reabertura

Covid-19: Governo moçambicano quer planos de prevenção para eventual reabertura

O Governo moçambicano anunciou hoje que os pelouros das áreas suspensas devido à covid-19 vão apresentar planos de segurança sanitária para o caso de uma eventual reabertura, no final do estado de emergência, no dia 30 deste mês.

“O que vai acontecer nos próximos dias é que os pelouros de tutela dessas áreas [suspensas] vão proceder ao envio formal de um conjunto de requisitos que devem ser cumpridos”, declarou o porta-voz do Conselho de Ministros, Filimão Suazi, falando em conferência de imprensa, no final da sessão semanal do órgão.

As entidades que regem o desporto, religião e espetáculos vão comunicar ao Presidente da República, Filipe Nyusi, a sua avaliação sobre a existência ou não de condições de prevenção do novo coronavírus para a retoma de atividade, acrescentou Suazi.

O diagnóstico vai ser determinante para “a decisão que será tomada pelo Presidente da República”, frisou o porta-voz do executivo.

Com um total de 1.536 casos positivos registados e 11 óbitos, Moçambique está em estado de emergência desde 01 de abril até 30 de julho, tendo a exceção sido prorrogada por três vezes, com limitações quanto a ajuntamentos, interdição de eventos e obrigatoriedade de uso de máscaras.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 606 mil mortos e infetou mais de 14,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

PMA // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS