Covid-19: Governo garante que atualmente “não há qualquer pressão” nos serviços de saúde

O secretário de Estado da Saúde garantiu hoje que neste momento “não há qualquer pressão” nos serviços de saúde, estando os internamentos e as unidades de cuidados intensivos com doentes covid-19 “muito longe” da sua capacidade máxima

Covid-19: Governo garante que atualmente

Covid-19: Governo garante que atualmente “não há qualquer pressão” nos serviços de saúde

O secretário de Estado da Saúde garantiu hoje que neste momento “não há qualquer pressão” nos serviços de saúde, estando os internamentos e as unidades de cuidados intensivos com doentes covid-19 “muito longe” da sua capacidade máxima

“Estamos muito longe felizmente e, para já, de qualquer pressão quer sob os internamentos, quer sob as unidades de cuidados intensivos”, disse António Lacerda Sales, na conferência de imprensa regular de atualização dos números da covid-19 em Portugal, após ter sido questionado sobre a capacidade dos serviços de saúde.

O secretário de Estado precisou que, das 21.500 camas, existem hoje “pouco mais de 400 internamentos” com doentes covid-19.

No caso dos internamentos nas unidades de cuidados intensivos, o governante afirmou que, neste momento, a taxa de ocupação ronda os 65% a 66% e, destes, 18% correspondem a ocupação covid-19.

“Não me parece, em função destes números, que se possa falar sequer em pressão sob as camas de internamento”, frisou Lacerda Sales.

Portugal contabiliza hoje mais quatro mortos relacionados com a covid-19 e 613 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.871 mortes e 64.596 casos de infeção.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 924.968 mortos e mais de 29 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

CMP // JMR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS