Covid-19: Governo alemão apela a população para se vacinar face a subida de contágios

O Governo alemão apelou hoje à população para que se vacine contra a covid-19, incluindo os jovens acima dos 12 anos, para evitar o aumento dos contágios no outono, alertando que já se regista uma subida nos dados semanais sobre as infeções.

Covid-19: Governo alemão apela a população para se vacinar face a subida de contágios

Covid-19: Governo alemão apela a população para se vacinar face a subida de contágios

O Governo alemão apelou hoje à população para que se vacine contra a covid-19, incluindo os jovens acima dos 12 anos, para evitar o aumento dos contágios no outono, alertando que já se regista uma subida nos dados semanais sobre as infeções.

“Ou a pessoa se vacina ou vai ser infetada” e por isso “onde não houver vacinação suficiente, haverá grupos populacionais com muitas infeções”, declarou o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, apelando a que a população se vacine contra a covid-19.

“Se pudermos dar o nosso melhor em julho, teremos boas perspetivas para o outono, um inverno com menos exigências e muito menos restrições”, acrescentou o ministro, que não acredita num levantamento antecipado de todas as medidas de restrição para o combate à pandemia.

O Instituto Robert Koch (RKI) informou hoje que o registo semanal de novas infeções por cem mil habitantes aumentou para 5,1 casos (em comparação com 4,9 no dia anterior).

Até agora, na Alemanha, 32,6 milhões de pessoas (39,3% da população) receberam as duas doses da vacina contra a covid-19 e 56,8% dos cidadãos receberam uma dose (cerca de 47,2 milhões de pessoas).

No total, 3,7 milhões de infeções e 91.110 mortes pela covid-19 foram registadas até agora na Alemanha.

Tanto o Governo alemão quanto o RKI insistiram há poucos dias que apenas a vacinação completa contra a covid-19 oferece proteção máxima contra o novo coronavírus e, acima de tudo, sublinharam que isso é importante para impedir a propagação da variante Delta, que foi primeiro descoberta na Índia.

O secretário-geral da representação federal das escolas públicas (Bundesschülerkonferenz), Dario Schramm, pediu hoje que todos os adolescentes e jovens sejam vacinados durante as férias escolares de verão.

“Quando se trata de voltar à escola após as férias, a vacinação será um elemento-chave para um ensino seguro”, disse Schramm aos meios de comunicação locais.

O ministro Spahn defendeu que adolescentes de 12 anos também recebam a vacina e que o Governo alemão fará o que for preciso para que seja administrada a primeira dose nesta faixa etária antes do fim de agosto.

Desde o último dia 07 de junho, a ordem de prioridade para a toma da vacina na Alemanha foi suprimida e a partir desse dia pode ser solicitado um agendamento para menores entre os 12 e os 16 anos.

Dentro do Governo alemão, manifestou-se nos últimos dias perceções diferentes sobre a prioridade que deve ser dada ao levantamento gradual das restrições.

Enquanto Spahn (do conservador CDU, partido da chanceler Angela Merkel) está relutante, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, defendeu o avanço da reabertura.

Maas considerou esta terça-feira que não há “justificão política” para manter as restrições no quotidiano de quem recebeu as duas doses da vacina, acreditando que todas as limitações serão levantadas durante o mês de agosto.

CSR // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS