Covid-19: Funcionário de laboratório chinês pode ter sido primeiro infetado

Peter Embarek afirma que o paciente zero da pandemia do novo coronavírus poderá ter sido um funcionário do laboratório de virologia em Wuhan.

Covid-19: Funcionário de laboratório chinês pode ter sido primeiro infetado

Covid-19: Funcionário de laboratório chinês pode ter sido primeiro infetado

Peter Embarek afirma que o paciente zero da pandemia do novo coronavírus poderá ter sido um funcionário do laboratório de virologia em Wuhan.

O líder da equipa de investigadores da Organização Mundial de Saúde que se deslocou a Wuhan para investigar a origem da covid-19, Peter Embarek, diz agora que o primeiro infetado com o novo coronavírus poderá ter sido um funcionário do laboratório de virologia em Wuhan, cidade chinesa onde terá começado o surto, em dezembro de 2019.

“Uma das hipóteses prováveis para a origem do vírus é a de um funcionário do laboratório de Wuhan ter sido infetado ao colher amostras de morcegos no terreno”, admitiu o investigador, em declarações ao canal dinamarquês de televisão TV2. “Foi aqui que o vírus passou diretamente de um morcego para um humano. Neste caso, a transmissão teria começado num técnico de laboratório e não num cidadão comum ao lidar com morcegos”, acrescentou Embarek.

Na ocasião, disse que era “extremamente improvável” a teoria de que o vírus tivesse tido origem no laboratório de virologia de Wuhan. Embora considere, agora, que um técnico infetado na recolha de amostras possa ter sido o paciente zero da pandemia, Embarek sublinhou que a OMS não encontrou provas diretas de que o surto de covid-19 estivesse ligado a alguma pesquisa em curso naquele laboratório chinês.

Estados Unidos pressionam, China pede respeito

Estas declarações surgem numa altura em que se acentua a troca de acusações sobre a origem do vírus, com a China a reforçar que a investigação deve ser alargada a outras nações. “Nenhum país tem o direito de colocar os seus interesses políticos à frente da ciência”, disse o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Ma Zhaxou, em conferência de imprensa. Em causa está a pressão dos Estados Unidos para que o Instituto de Virologia de Wuhan seja alvo de investigações mais aprofundadas.

O relatório da primeira missão da OMS em Wuhan, publicado em abril, apontou quatro possíveis origens, ressalvando um acidente de laboratório era a teoria menos provável. No entanto, a própria OMS passou nas últimas semanas a dar maior destaque àquela possibilidade. A OMS pediu “espaço” para continuar a investigação após a China ter recusado que a próxima fase do estudo se realize em território chinês. “Todas as partes devem respeitar esse estudo, incluindo a própria OMS”, respondeu Ma.

LEIA AINDA
Dor de cabeça e nariz entupido. Sintomas da covid-19 mudaram, saiba o que esperar
Dor de cabeça e nariz entupido. Sintomas da covid-19 mudaram, saiba o que esperar
Os principais sintomas da covid-19 mudaram e há novos sinais a ter em atenção. Desde o início da pandemia que a ocorrência de sintomas como tosse seca persistente, perda de olfato e paladar e temperatura elevada tem deixado o mundo em alerta. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS