Covid-19: França soma 13.243 novos casos e 146 mortes nas últimas 24 horas

França anunciou ter registado 13.243 novos casos de covid-19 e 146 mortes associadas à doença nas últimas 24 horas, elevando para 910.277 o total de infetados e para 33.623 o de óbitos.

Covid-19: França soma 13.243 novos casos e 146 mortes nas últimas 24 horas

Covid-19: França soma 13.243 novos casos e 146 mortes nas últimas 24 horas

França anunciou ter registado 13.243 novos casos de covid-19 e 146 mortes associadas à doença nas últimas 24 horas, elevando para 910.277 o total de infetados e para 33.623 o de óbitos.

França anunciou hoje ter registado 13.243 novos casos de covid-19 e 146 mortes associadas à doença nas últimas 24 horas, elevando para 910.277 o total de infetados e para 33.623 o de óbitos desde o início da pandemia.

Segundo a Agência de Saúde Pública (ASP) francesa, o número diário de mortes apenas tem em conta as que se registaram nos hospitais, uma vez que os óbitos por covid-19 em lares de idosos e em centros de apoio só são atualizados às terças e às quintas-feiras.

A ASP adianta que o índice de casos positivos relacionados com os testes de diagnóstico realizados registou novo aumento, subindo de 13,2% no domingo para 13,4% hoje.

A subir continuam também os números de hospitalizações, que aumentou para 7.978, face aos 7.530 de domingo, e o de pacientes que foram internados nas unidades de cuidados intensivos, que passou de 1.343 para 1.441.

Os dados da ASP precisaram que há em França 1.775 focos de contágio identificados, 70 deles detetados nas últimas 24 horas e 366 localizados em lares de idosos e em centros de apoio sanitário.

Dos 101 departamentos administrativos em França, 88 estão em situação de vulnerabilidade elevada devido a rápida circulação do novo coronavírus, mais dois do que na véspera.

A região de Paris e outras oito grandes áreas metropolitanas estão num regime de recolher obrigatório entre as 21:00 e as 06:00, medida que entrou sábado em vigor e que durará pelo menos quatro semanas em nova tentativa para travar a propagação dos contágios e diminuir a pressão nas unidades de cuidados intensivos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.198 em Portugal.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS