Covid-19: Espanha regista mais de 11.000 novos casos, 43% em Madrid

Espanha registou hoje 11.016 novos casos de covid-19, dos quais mais de 43% em Madrid, elevando para 769.188 o número total de infetados até agora, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

Covid-19: Espanha regista mais de 11.000 novos casos, 43% em Madrid

Covid-19: Espanha regista mais de 11.000 novos casos, 43% em Madrid

Espanha registou hoje 11.016 novos casos de covid-19, dos quais mais de 43% em Madrid, elevando para 769.188 o número total de infetados até agora, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

Por outro lado, o país contabilizou mais 177 mortes com a doença nas últimas 24 horas, aumentando o total de óbitos para 31.791.

Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de novas infeções, tendo adicionado mais 4.810 casos aos números notificados na terça-feira.

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 1.241 pessoas, das quais 433 em Madrid, 162 na Andaluzia, 114 na Catalunha e 108 em Castela e Leão.

Há em todo o país 10.855 pessoas hospitalizadas com a doença e 1.539 pacientes estão em unidades de cuidados intensivos.

O ministro da Saúde espanhol, Salvador Illa, e os responsáveis pelo setor das comunidades autónomas não conseguiram hoje chegar a acordo sobre novas medidas de luta contra a pandemia.

Em Espanha, as autoridades regionais têm competência exclusiva em matéria de saúde e o Governo central não tem o poder de lhes determinar as suas decisões em matéria de saúde.

A proposta de Salvador Illa previa que municípios com mais de 100.000 habitantes com uma incidência acumulada de covid-19 superior a 500 casos em 14 dias, uma percentagem positiva nos testes de diagnóstico superior a 10% e ocupação de camas nas unidades de cuidados intensivos superior a 35% tomem medidas suplementares para restringir a mobilidade dos seus habitantes.

A proposta do Ministério da Saúde é feita depois do pré-acordo alcançado na terça-feira entre o Governo central e o executivo da Comunidade de Madrid para estabelecer critérios comuns para toda a Espanha nos territórios mais afetados pela pandemia.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 1.971 em Portugal.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (42.143 mortos, mais de 453 mil casos), seguindo-se Itália (35.894 mortos, mais de 314 mil casos), França (31.893 mortos, mais de 550 mil casos) e Espanha (31.791 mortos, mais de 769.188 mil casos).

FPB // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS