Covid-19: Espanha regista 855 novos contágios em 24 horas e mais de metade em Aragão

Espanha registou 855 novos contágios pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, com o país a totalizar, desde o início da pandemia, 278.782 pessoas infetadas.

Covid-19: Espanha regista 855 novos contágios em 24 horas e mais de metade em Aragão

Covid-19: Espanha regista 855 novos contágios em 24 horas e mais de metade em Aragão

Espanha registou 855 novos contágios pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, com o país a totalizar, desde o início da pandemia, 278.782 pessoas infetadas.

Madrid, 27 jul 2020 (Lusa) — Espanha registou 855 novos contágios pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, com o país a totalizar, desde o início da pandemia, 278.782 pessoas infetadas, anunciou hoje o Ministério da Saúde espanhol.

De acordo com os mesmos dados, mais de metade dos novos casos, 474, foram diagnosticados na comunidade autónoma de Aragão, no nordeste de Espanha.

O Ministério da Saúde espanhol realçou que o número nacional de novas infeções representa um decréscimo face aos dados da passada sexta-feira, dia em que foram divulgados 922 novos casos da doença covid-19.

As autoridades espanholas indicaram ainda que nos últimos sete dias as comunidades autónomas notificaram seis mortes, o que eleva para 28.434 o número total de vítimas mortais registadas no país, até à data, devido à covid-19.

Nas últimas semanas, marcadas pelo processo de desconfinamento, Espanha têm registado o aparecimento de vários surtos por todo o território, o que obrigou, em certas regiões específicas, a recuar na estratégica e a impor novamente algumas restrições.

Este ressurgimento de casos desencadeou a decisão do Reino Unido, anunciada este fim de semana, de excluir Espanha da lista de países seguros, ou seja, quem se deslocar a este território e voltar para solo britânico terá de cumprir um período de quarentena de 14 dias.

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença covid-19 já provocou mais de 649 mil mortos e infetou mais de 16,2 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse (AFP).

 

SCA // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS