Covid-19: Espanha regista 6.818 novos casos e 132 mortes nas últimas 24 horas,

Espanha registou 6.818 novos casos de covid-19 e 132 mortes nas últimas 24 hrs, mantendo em queda a incidência acumulada em 14 dias por cada 100.000 habitantes, situando-se nos 221,7 casos.

Covid-19: Espanha regista 6.818 novos casos e 132 mortes nas últimas 24 horas,

Covid-19: Espanha regista 6.818 novos casos e 132 mortes nas últimas 24 horas,

Espanha registou 6.818 novos casos de covid-19 e 132 mortes nas últimas 24 hrs, mantendo em queda a incidência acumulada em 14 dias por cada 100.000 habitantes, situando-se nos 221,7 casos.

Madrid, 01 set 2021 (Lusa) — A Espanha registou 6.818 novos casos de covid-19 e 132 mortes nas últimas 24 horas, mantendo em queda a incidência acumulada em 14 dias por cada 100.000 habitantes, situando-se nos 221,7 casos, segundo dados do Ministério da Saúde.

Estes valores elevam o total de infeções para 4.861.883 e o total de óbitos para 84.472, enquanto os novos contágios indicam um retrocesso na evolução da pandemia, com números idênticos aos de final de junho.

Segundo as autoridades, a pressão nas unidades de cuidados intensivos dos hospitais está a diminuir lentamente (16,6% de ocupação), mas as comunidades da Catalunha e de Madrid permanecem acima da média, com 31,2% e 28,5%, respetivamente, destas camas hospitalares ocupadas por doentes covid-19.

Quanto à situação hospitalar, um total de 6.623 pacientes estão internados (menos 183 do que na terça-feira), e a percentagem de ocupação de camas devido à covid-19 desceu para 5,6%.

Nas últimas 24 horas, houve 604 admissões, em comparação com 875 altas hospitalares.

Ainda hoje, o Governo anunciou ter atingido o objetivo de vacinar 70% da população contra o vírus, com 33,3 milhões de cidadãos totalmente vacinados.

“Como prometi no início do ano, 70% da população espanhola está totalmente vacinada. Mais de 90% da população espanhola com mais de 40 anos está totalmente vacinada. Mais de 70% dos jovens entre os 20 e 29 anos e 12 e 19 anos já receberam pelo menos uma dose”, afirmou o primeiro-ministro, Pedro Sánchez.

A covid-19 já provocou pelo menos 4.518.163 mortes em todo o mundo, entre mais de 217,63 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

AXYG // PMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS