Covid-19: Espanha regista 4.962 novos casos e 141 mortes nas últimas 24 horas

A Espanha registou hoje 141 mortes e 4.962 novos casos de covid-19, elevando para 3.200.024 o total de infetados até agora no país, continuando a tendência descendente de novos contágios.

Covid-19: Espanha regista 4.962 novos casos e 141 mortes nas últimas 24 horas

Covid-19: Espanha regista 4.962 novos casos e 141 mortes nas últimas 24 horas

A Espanha registou hoje 141 mortes e 4.962 novos casos de covid-19, elevando para 3.200.024 o total de infetados até agora no país, continuando a tendência descendente de novos contágios.

Madrid, 16 mar 2021 (Lusa) – A Espanha registou hoje 4.962 novos casos de covid-19, elevando para 3.200.024 o total de infetados até agora no país, continuando a tendência descendente de novos contágios, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 141 mortes nas últimas 24 horas atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 72.565.

O nível de incidência acumulada (contágios) em Espanha continua a descer, passando de segunda-feira para hoje de 129 para 128 casos diagnosticados por 100.000 habitantes nos 14 dias anteriores.

As regiões com os níveis mais elevados são as de Madrid (223), País Basco (174), Astúrias (172), Catalunha (158) e Aragão (137).

Nas últimas 24 horas deram entrada nos hospitais em todo o país 844 pessoas com a doença (615 na segunda-feira), das quais 202 em Madrid, 196 na Catalunha e 131 na Andaluzia.

Por outro lado, diminuiu para 8.348 o número de hospitalizados com a covid-19 (8.682), o que corresponde a 7% das camas, das quais 2.037 pacientes em unidades de cuidados intensivos (2.112), 20% das camas desse serviço.

A ministra porta-voz do Governo espanhol, María Jesús Montero, assegurou hoje que a suspensão temporária da administração da vacina da AstraZeneca não “produzirá qualquer alteração do calendário de vacinação” e excluiu que a sua substituição definitiva esteja planeada, porque seria “injusta”.

A responsável governamental insistiu na mensagem de “absoluta tranquilidade”, visto que a suspensão decidida na segunda-feira por Espanha e outros países europeus foi tomada de forma “preventiva e temporária”, enquanto se aguarda a posição definitiva da Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.661.919 mortos no mundo, resultantes de mais de 122,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.707 pessoas dos 814.897 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS