Covid-19: Espanha com 15.680 novos casos e 102 mortes nas últimas 24 horas

A Espanha registou 15.680 novos casos de covid-19 e 102 mortes nas últimas 24 horas, segundo dados hoje divulgados pelo Ministério da Saúde.

Covid-19: Espanha com 15.680 novos casos e 102 mortes nas últimas 24 horas

Covid-19: Espanha com 15.680 novos casos e 102 mortes nas últimas 24 horas

A Espanha registou 15.680 novos casos de covid-19 e 102 mortes nas últimas 24 horas, segundo dados hoje divulgados pelo Ministério da Saúde.

O total de casos desde o início da pandemia eleva-se, assim, para 4.643.450, ao passo que o total de vítimas mortais é de 82.227, das quais 284 foram reportadas nos últimos sete dias, no âmbito do que é considerado a quinta vaga da pandemia no país.

A maior transmissão da doença continua a registar-se na faixa etária entre os 12 e os 19 anos, embora tenha caído 49 pontos desde a véspera (1.154), e também no grupo entre 20 e 29 anos, no qual a descida foi de 63 pontos nas últimas 24 horas (1.130).

A pressão nas unidades de cuidados intensivos baixou hoje pela primeira vez no último mês: caiu quatro décimas, o que situa a ocupação em 21,5%, com 1.978 doentes internados (menos 53 que no dia anterior) — um reflexo da redução da incidência da doença, que baixou 20 pontos percentuais nas últimas 24 horas, para 528,3 casos por 100.000 habitantes.

Desde 08 de julho, data em que a ocupação das unidades de cuidados intensivos era de 6,6%, a pressão nestas unidades hospitalares não parou de crescer até hoje, indicou o Ministério da Saúde.

A Catalunha continua com uma situação muito preocupante nas suas unidades de cuidados intensivos, com 48,4% de ocupação, seguida de Madrid, com 31%, e das Baleares, com 27,4%.

A covid-19 provocou pelo menos 4.303.610 mortes em todo o mundo, entre mais de 203,3 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse, com base em dados oficiais.

Em Portugal, morreram, desde março de 2020, 17.502 pessoas e foram registados 990.293 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, a Índia, a África do Sul, o Brasil e o Peru.

ANC // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS