Covid-19: Enfermeiros alertam para multiplicação de casos positivos após internamento

«Há cada vez mais casos de doentes que, após teste negativo, dão positivo depois de internados.» A denúncia foi feita ao Portal de Notícias Impala por uma enfermeira do Hospital São João.

Covid-19: Enfermeiros alertam para multiplicação de casos positivos após internamento

Covid-19: Enfermeiros alertam para multiplicação de casos positivos após internamento

«Há cada vez mais casos de doentes que, após teste negativo, dão positivo depois de internados.» A denúncia foi feita ao Portal de Notícias Impala por uma enfermeira do Hospital São João.

«Estamos em pânico. O ambiente é cada vez mais difícil. Temos tratado doentes que dão negativo para a covid-19 num primeiro teste e que apresentam sintomas depois de internados. São pacientes que são tratados pelos profissionais de Saúde sem material adequado e apenas com máscara cirúrgica», denuncia uma enfermeira que não quer identificar-se por temer represálias, mas que fala «em nome de todos os colegas». As explicações apresentadas pela fonte são variadas. «Há duas hipóteses, desde a falta de fiabilidade dos testes que dão falsos negativos ou estes doentes estarem a ser infetados no próprio serviço por outros pacientes, ou até por nós, profissionais de Saúde», explica. Isto porque, continua, «os enfermeiros não estão a ser testados, mesmo quando estiveram com pacientes infetados».

LEIA DEPOIS
Itália com 837 mortes em 24 horas. Total ultrapassa os 12 mil

Enfermeiros só são testados à covid-19 se apresentarem sintomas

«Só somos testados se tivermos sintomas. Podemos estar infetados sem saber e continuamos a tratar dos nossos doentes e a colocá-los em risco», sublinha. Segundo a Direção-Geral de Saúde (DGS), havia, ontem, «177 enfermeiros» com covid-19. «Não tenho dúvidas de que em breve estaremos todos infetados, porque continuamos a receber doentes suspeitos sem equipamento de segundo nível e apenas de máscara. Não há material suficiente e estamos cada vez mais inseguros», conclui a fonte.

Bastonária alerta para «número subestimado de enfermeiros contaminados»

Ana Rita Cavaco, Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, alerta para um «número subestimado de enfermeiros contaminados». Opinião partilhada pelos enfermeiros no terreno. «Não sei como tudo vai ficar em breve. Acredito que haja mais casos positivos e que vamos ter cada vez mais profissionais de Saúde com covid-19 porque o material continua a não ser suficiente e as condições de trabalho não melhoram. Tínhamos de ser testados com frequência», protesta esta enfermeira do Hospital São João.

Texto: Cynthia Valnte | WiN Porto

LEIA MAIS
Coronavírus: Portugal apontado como exemplo em França

Impala Instagram


RELACIONADOS