Covid-19: Embaixada australiana em Díli adverte sobre possíveis limitações consulares

A Embaixada australiana em Díli advertiu que o apoio consular para quem ficar em Timor-Leste pode ser mais limitado devido ao impacto da Covid-19, recomendando o regresso imediato à Austrália.

Covid-19: Embaixada australiana em Díli adverte sobre possíveis limitações consulares

Covid-19: Embaixada australiana em Díli adverte sobre possíveis limitações consulares

A Embaixada australiana em Díli advertiu que o apoio consular para quem ficar em Timor-Leste pode ser mais limitado devido ao impacto da Covid-19, recomendando o regresso imediato à Austrália.

Numa resposta escrita, a embaixada alertou os australianos que queiram ficar em Timor-Leste que o apoio consular “pode ser limitado devido a restrições de movimento e de outros serviços”.

Nessas situações devem seguir os conselhos das autoridades locais e “ter cuidado minimizando o risco de exposição, optando pelo auto-isolamento”, de acordo com a mesma nota.

A representação diplomática reiterou as recomendações a australianos em Timor-Leste, como em outros países, que queiram regressar à Austrália o façam “o mais rapidamente possível” através de rotas comerciais.

“Este conselho não é específico para Timor-Leste, aplica-se em todo o mundo. O conselho abrange cidadãos australianos e residentes permanentes”, referiu.

Na quarta-feira, o Governo australiano elevou o alerta de viagens para o nível quatro, o mais alto de quatro, e aconselhou os cidadãos a não viajar para o estrangeiro, bem como um regresso imediato a quem está fora.

No mesmo dia, o Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano anunciou uma oferta de “partidas voluntárias, a nível global, para filhos e outros dependentes, funcionários de alto risco devido a questões de saúde pré-existentes e a funcionários que o chefe da missão considere não essenciais para as operações em curso”.

A oferta estende-se a toda a rede diplomática australiana, com várias pessoas a aproveitarem para regressar à Austrália.

A embaixada notou ainda que as opções de viagens estão cada vez mais condicionadas pelo fecho de fronteiras e restrições de viagens, “tornando viajar mais complexo e difícil” com as “opções comerciais a ficarem cada vez mais indisponíveis”.

A AirNorth, empresa que faz voos diários entre Díli e Darwin, está a operar todos os serviços com normalidade, mas a embaixada alertou que “isso pode mudar a qualquer momento”.

Na página eletrónica, a transportadora informou que foram introduzidas mudanças nas condições dos preços, com as taxas de mudanças entre 16 e 31 de março suspensas para quem tenha voos marcados.

Em caso de cancelamento, o valor dos bilhetes permanecerá como crédito para futuras marcações.

Timor-Leste não tem ainda registado qualquer caso de Covid-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 210 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 8.750 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 84.000 recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se já por 173 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Os países mais afetados depois da China são a Itália, com 2.978 mortes em 35.713 casos, o Irão, com 1.135 mortes (17.361 casos), a Espanha, com 638 mortes (14.769 casos) e a França com 264 mortes (9.134 casos).

Face ao avanço da pandemia, vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

 

ASP // EJ 

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS