Covid-19: Dezenas de passageiros regressados de Luanda em quarentena em São Tomé

Pelo menos 45 passageiros regressados hoje a São Tomé e Príncipe de Luanda num voo humanitário encontram-se em quarentena, até se conhecerem os resultados dos testes à covid-19 a que foram submetidos no aeroporto da capital, disse fonte governamental.

Covid-19: Dezenas de passageiros regressados de Luanda em quarentena em São Tomé

Covid-19: Dezenas de passageiros regressados de Luanda em quarentena em São Tomé

Pelo menos 45 passageiros regressados hoje a São Tomé e Príncipe de Luanda num voo humanitário encontram-se em quarentena, até se conhecerem os resultados dos testes à covid-19 a que foram submetidos no aeroporto da capital, disse fonte governamental.

“Nós tratamos de tomar todas as medidas de caráter sanitário para evitar que haja a menor probabilidade possível de contaminação”, afirmou o ministro da Saúde Edgar Neves.

“São Tomé e Príncipe com o quadro epidemiológico que tem, precisa se precaver da melhor forma possível para que não haja nenhum surto que possa vir a alterar esse quadro”, acrescentou o governante.

Edgar Neves que se deslocou pessoalmente ao aeroporto para acompanhar a aplicação das medidas sanitárias impostas para com os passageiros que entram no país, referiu que “todos os passageiros foram testados à chegada, ficando a aguardar resultados”.

“Em função dos resultados dos testes, serão encaminhados para os diferentes destinos, podendo ser desde o hospital de campanha até às unidades hoteleiras onde faremos a quarentena institucional”, explicou o ministro da Saúde.

Fonte do Ministério da Saúde disse a Lusa que sete destes passageiros estão infetados pelo novo coronavírus, mas a informação ainda não foi oficializada pelas autoridades sanitárias do país.

Trata-se de um voo humanitário da companhia angolana TAAG que se deslocou a São Tomé para transportar cidadãos deste país retidos há mais de sete meses em Angola e levar da capital são-tomense mais de 75 passageiros entre angolanos e são-tomenses residentes em Angola impedidos de regressar devido à pandemia de covid-19.

Entretanto, nas últimas 24 horas realizaram-se 53 testes, sendo que todos deram resultados negativos, o que mantém o numero de infeções acumuladas em 914.

MYB // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS