Covid-19: Detidos 31 malauianos por imigração ilegal no centro de Moçambique

Trinta e um cidadãos malauianos, entre os quais cinco crianças com menos de 05 anos, estão detidos por imigração ilegal em Tete, no centro de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte das autoridades de migração moçambicanas.

Covid-19: Detidos 31 malauianos por imigração ilegal no centro de Moçambique

Covid-19: Detidos 31 malauianos por imigração ilegal no centro de Moçambique

Trinta e um cidadãos malauianos, entre os quais cinco crianças com menos de 05 anos, estão detidos por imigração ilegal em Tete, no centro de Moçambique, disse hoje à Lusa fonte das autoridades de migração moçambicanas.

“Eles foram interpelados na terça-feira na cidade de Tete e vinham da África do Sul com destino ao Maláui”, disse Amélia Direito, porta-voz da migração na província de Tete.

Dos 31 malauianos, 10 tinham passaporte, mas não passaram pelas autoridades migratórias, e 21 não tinham documentos, avançou a porta-voz.

“Eles usaram o país como corredor para voltar ao Maláui, mas não apresentavam requisitos legais necessários para o efeito”, referiu Amélia Direito.

Segundo as autoridades, os 31 malauianos, interpelados durante uma fiscalização da lotação nos transportes de passageiros devido às restrições impostas pela covid-19, foram submetidos ao teste para o diagnóstico da doença.

O grupo, dos quais 17 são homens, nove mulheres e cinco são crianças, vai ser reencaminhado pelas autoridades de regresso ao Maláui.

O país regista um total de 5.994 casos positivos, 39 óbitos e mais 3.267 (54%) de pessoas dadas como recuperadas da infeção.

LFO // JH

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS