Covid-19: Certificados de Cabo Verde passam a ser reconhecidos na UE

A Comissão Europeia deu hoje equivalência aos certificados da covid-19 emitidos em Cabo Verde, passando este país a estar ligado ao sistema da União Europeia de reconhecimento destes documentos.

Covid-19: Certificados de Cabo Verde passam a ser reconhecidos na UE

Covid-19: Certificados de Cabo Verde passam a ser reconhecidos na UE

A Comissão Europeia deu hoje equivalência aos certificados da covid-19 emitidos em Cabo Verde, passando este país a estar ligado ao sistema da União Europeia de reconhecimento destes documentos.

Os certificados da covid-19 emitidos pelas autoridades cabo-verdianas passam assim a ser aceites nas mesmas condições que o certificado digital covid-19 da UE, que atesta a vacinação, a validade de um teste PCR negativo ou a recuperação da doença.

Os documentos emitidos por um Estado-membro serão também reconhecidos em Cabo Verde para os devidos efeitos.

Além de Cabo Verde, o executivo comunitário decidiu ainda dar equivalência aos certificados covid-19 emitidos pelo Líbano e Emirados Árabes Unidos.

A covid-19 provocou pelo menos 5.278.777 mortes em todo o mundo, entre mais de 267,22 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como “preocupante” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em 57 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

IG // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS