Covid-19: Cerca de 170 alunos em isolamento e com ensino à distância em Murça

Cerca de 170 alunos do centro escolar e 2.º ciclo de Murça estão em isolamento e com ensino à distância, como medida de prevenção contra a covid-19, após terem sido detetados 10 casos positivos.

Covid-19: Cerca de 170 alunos em isolamento e com ensino à distância em Murça

Covid-19: Cerca de 170 alunos em isolamento e com ensino à distância em Murça

Cerca de 170 alunos do centro escolar e 2.º ciclo de Murça estão em isolamento e com ensino à distância, como medida de prevenção contra a covid-19, após terem sido detetados 10 casos positivos.

Cerca de 170 alunos do centro escolar e 2.º ciclo de Murça estão em isolamento e com ensino à distância, como medida de prevenção contra a covid-19, após terem sido detetados 10 casos positivos. De acordo com informações disponibilizadas pelo Agrupamento de Escolas de Murça, no distrito de Vila Real, foram comunicados 10 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, concretamente sete alunos, dois professores e um assistente operacional.

Como medida de prevenção contra a propagação da covid-19 e por decisão da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Marão Douro I, foram colocados em isolamento 174 alunos do pré-escolar, 1.º e 2.º ciclos. O centro escolar está, neste momento, a funcionar com alguns alunos do pré-escolar, tendo ido para casa seis turmas do 1.º ao 4.º anos de escolaridade. Contactado pela agência Lusa, o diretor do Agrupamento de Escolas de Murça, José Alexandre, referiu hoje que todos os alunos dos 1.º e 2.º ciclos estão em regime de ensino à distância.

O responsável referiu que, na quinta-feira, foi realizado um rastreio e acrescentou que o número de casos “não se alterou”, o que significa que a “situação está a estabilizar”. Agora, explicou, vai ser cumprido o período de isolamento que foi determinado. Os alunos foram sendo enviados para casa de forma gradual desde segunda-feira, dia 08 de novembro.

António Marques, vice-presidente da Câmara de Murça, disse que o município está a acompanhar a situação com “proximidade total” com o agrupamento de escolas, a saúde pública e o ACES. “Todas as medidas estão a ser tomadas em partilha, sendo que o município não acrescenta nem retira nada daquilo que são as orientações da Direção-Geral da Saúde e da saúde pública”, salientou.

A covid-19 provocou pelo menos 5.071.273 mortes em todo o mundo, entre mais de 251,37 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse. Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.231 pessoas e foram contabilizados 1.102.438 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde. A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS