Covid-19: Casa da Música encerrada a partir de segunda-feira

A Casa da Música, no Porto, encerra as instalações a partir de segunda-feira, três dias depois de ter cancelado os concertos das próximas semanas, no âmbito do combate à pandemia da Covid-19, anunciou hoje a fundação em comunicado.

Covid-19: Casa da Música encerrada a partir de segunda-feira

Covid-19: Casa da Música encerrada a partir de segunda-feira

A Casa da Música, no Porto, encerra as instalações a partir de segunda-feira, três dias depois de ter cancelado os concertos das próximas semanas, no âmbito do combate à pandemia da Covid-19, anunciou hoje a fundação em comunicado.

“Em consequência da evolução da pandemia Covid-19, a Fundação Casa da Música comunica que as suas instalações estarão encerradas ao público a partir de segunda-feira, dia 16 de março de 2020”, lê-se no comunicado divulgado hoje à noite.

Ao contrário do anúncio feito na quinta-feira, que visava o cancelamento dos concertos até 03 de abril, desta vez a Casa da Música não fornece data indicativa para reabertura, garantindo porém que “serão prestadas novas informações sempre que a evolução da situação o justificar”.

Sobre o reembolso de bilhetes adquiridos para concertos cancelados, ou “qualquer informação”, a Casa da Música adianta que “pode ser utilizado o n.º de telefone 220 120 220, entre as 09:30 e as 18:00”, ou o endereço de correio eletrónico “info@casadamusica.com”.

Na quinta-feira, a Casa da Música anunciou o cancelamento dos concertos até 03 de abril, limitando então a atividade da instituição a visitas guiadas e à restauração.

O anúncio foi feito no dia em que a Casa da Música iria receber o concerto de Dave Holland, Kenny Barron e Jonathan Blake.

O cancelamento abrange dezenas de espetáculos e atividades da programação da instituição, como a atuação do pianista francês Pierre-Laurent Aimard, artista em residência na Casa da Música, ao longo deste ano, que estaria no Porto no próximo dia 21 para interpretar as “Couleurs de la Cité Céleste” (“Cores da Cidade Celeste”), de Olivier Messiaen, com a Orquestra Sinfónica do Porto, dirigida por Baldur Brönnimann.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 6.400 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ronda as 164 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 141 países e territórios.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos de infeção confirmados para 245, mais 76 do que os registados no sábado.

Entre os casos identificados, 149 estão internados, dos quais 18 em unidades de cuidados intensivos, e há duas pessoas recuperadas.

MAG (TDI) // MCL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS