Covid-19: Carga movimentada pelo porto de Maputo cai 13%

A quantidade de carga movimentada pelo porto de Maputo diminuiu 13% em 2020 face a 2019, anunciou a companhia gestora em comunicado, que diz ser um reflexo da pandemia de covid-19.

Covid-19: Carga movimentada pelo porto de Maputo cai 13%

Covid-19: Carga movimentada pelo porto de Maputo cai 13%

A quantidade de carga movimentada pelo porto de Maputo diminuiu 13% em 2020 face a 2019, anunciou a companhia gestora em comunicado, que diz ser um reflexo da pandemia de covid-19.

Passaram pelo porto de Maputo 21 milhões de toneladas de carga em 2019, valor que desceu para 18,3 milhões de toneladas em 2020, referiu a Maputo Port Development Company (MPDC).

A MPDC considerou o declínio como um reflexo das restrições impostas a par da pandemia de covid-19, “nomeadamente o encerramento de fronteiras e o ‘lockdown’ sul-africano entre março e abril”, além de “restrições no funcionamento da fronteira que se sentiram durante todo o ano”. 

Ainda assim, “o volume ferroviário de crómio e ferro-crómio”, minérios exportados pela África do Sul através de Maputo, “registaram um crescimento notável de 33% quando comparado com 2019”. 

A MPDC realçou que a pandemia promoveu a migração do transporte de minérios a granel, da estrada para a ferrovia.

A parcela de carga em ferrovia subiu de 20% em 2019 para 25% do total dos volumes manuseados em 2020.

Para 2021, o porto de Maputo prevê uma recuperação “cautelosamente otimista”: “iremos colher os frutos do nosso investimento na infraestrutura portuária e em soluções tecnológicas”, referiu Osório Lucas, diretor executivo da MPDC, citado no comunicado.

Apesar do decréscimo nos volumes totais manuseados em 2020, a empresa disse apoiar “plenamente” as medidas tomadas para conter a pandemia, defendendo os valores da vida, e manter o compromisso de investir na expansão e reabilitação da infraestrutura portuária.

LFO // VM

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS