Covid-19: Capela dos Ossos em Évora reabre com lotação máxima de 10 pessoas

A célebre Capela dos Ossos, integrada na Igreja de São Francisco, em Évora, e um dos principais atrativos turísticos da cidade, reabre, na terça-feira, com uma lotação máxima de 10 pessoas em simultâneo.

Covid-19: Capela dos Ossos em Évora reabre com lotação máxima de 10 pessoas

Covid-19: Capela dos Ossos em Évora reabre com lotação máxima de 10 pessoas

A célebre Capela dos Ossos, integrada na Igreja de São Francisco, em Évora, e um dos principais atrativos turísticos da cidade, reabre, na terça-feira, com uma lotação máxima de 10 pessoas em simultâneo.

Encerrados desde 14 de março, devido à pandemia de covid-19, os espaços musealizados da Igreja de São Francisco, no centro da cidade, retomam as visitas “seguindo o calendário de desconfinamento estabelecido pelas autoridades de saúde”.

Para além da Capela dos Ossos, informou em comunicado enviado à agência Lusa a Igreja de São Francisco, também reabrem aos visitantes o Núcleo Museológico de Arte Sacra e a Coleção de Presépios Canha da Silva.

“A lotação da Capela dos Ossos fica limitada a 10 pessoas em simultâneo para permitir o distanciamento mínimo”, assim como será obrigatório o uso de máscara, a desinfeção das mãos à entrada e à saída e distanciamento entre as pessoas, adiantou.

Os três espaços musealizados da Igreja de São Francisco reabrem com o horário normal de verão, das 09:00 às 19:00, enquanto a retoma dos serviços religiosos está prevista para o dia 31 deste mês.

Classificada como monumento nacional, a Igreja de São Francisco data de 1224, com a instalação do Convento de São Francisco, mas desse convento inicial quase nada se conhece devido às modificações praticamente totais que lhe foram introduzidas no final da Idade Média.

Mais tarde, as crónicas históricas revelam a reconstrução do edifício no início do século XV, ficando com o nome de Igreja de São Francisco, como é conhecida hoje em dia.

No interior da igreja está localizada a célebre Capela dos Ossos, macabra conceção fradesca completamente forrada por milhares de ossadas humanas recolhidas dos antigos cemitérios da cidade e muito visitada por turistas.

Portugal contabiliza 1.218 mortos associados à covid-19 em 29.036 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

SYM // MLM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS