Covid-19: Cabo Verde regista 94 novos infetados e uma morte em São Vicente

Cabo Verde registou 94 novos casos de infeção pelo novo coronavírus em 24 horas, maior valor diário em dois meses e meio, e mais uma pessoa morreu na ilha de São Vicente, informou hoje o Ministério da Saúde.

Covid-19: Cabo Verde regista 94 novos infetados e uma morte em São Vicente

Covid-19: Cabo Verde regista 94 novos infetados e uma morte em São Vicente

Cabo Verde registou 94 novos casos de infeção pelo novo coronavírus em 24 horas, maior valor diário em dois meses e meio, e mais uma pessoa morreu na ilha de São Vicente, informou hoje o Ministério da Saúde.

Em comunicado, o ministério cabo-verdiano adiantou que do total de 1.477 resultados recebidos dos laboratórios, somam-se 94 casos novos positivos de infeção pelo novo coronavírus, numa taxa de positividade de 6,4%, o valor diário mais alto desde 11 de junho.

A maioria dos novos casos foi diagnosticada na ilha de Santiago (57), repartidos pelos concelhos da Praia (28), São Salvador do Mundo (14), Santa Catarina (oito), Tarrafal e São Lourenço dos Órgãos, com três cada, e um em São Miguel.

Os restantes casos foram reportados em São Vicente (20), Boa Vista (cinco), Maio (três), Sal (um), Ribeira Brava de São Nicolau (dois), Fogo (seis), sendo cinco em São Filipe e um nos Mosteiros.

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde de Cabo Verde anunciaram mais uma morte provocada pela covid-19, na ilha de São Vicente, elevando para um total de 307 óbitos associadas à doença desde o início da pandemia.

Mais 36 pessoas tiveram alta desde terça-feira, de um total agora de 33.907 casos considerados recuperados da infeção.

Com os novos dados, Cabo Verde chegou a um total de 34.919 casos positivos acumulados desde o primeiro em 19 de março de 2020, dos quais há ainda a contabilizar 683 casos ativos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.451.888 mortes em todo o mundo, entre mais de 213,1 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

RIPE // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS