Covid-19: Cabo Verde garante ter tudo pronto para aulas presenciais na Praia em 02 de novembro

A diretora nacional da Educação cabo-verdiana disse hoje que só o aumento exponencial de casos de covid-9 e regresso ao estado de emergência poderiam evitar o início das aulas presencias na cidade da Praia em 02 de novembro.

Covid-19: Cabo Verde garante ter tudo pronto para aulas presenciais na Praia em 02 de novembro

Covid-19: Cabo Verde garante ter tudo pronto para aulas presenciais na Praia em 02 de novembro

A diretora nacional da Educação cabo-verdiana disse hoje que só o aumento exponencial de casos de covid-9 e regresso ao estado de emergência poderiam evitar o início das aulas presencias na cidade da Praia em 02 de novembro.

“Tudo indica que as aulas vão arrancar no dia 02 de novembro”, disse à agência Lusa Eleonora Sousa, questionada sobre se as aulas presenciais vão mesmo arrancar no início de novembro na capital do país, o principal foco de transmissão comunitária da covid-19.

A diretora nacional da Educação disse que as autoridades educativas, de saúde e a Proteção Civil já estão a visitar as escolas para verificação e certificação das condições para poderem abrir dentro de 10 dias.

“Tudo aponta para que no dia 02 de novembro, conforme tinha sido programado, se iniciar as aulas presenciais”, vincou Eleonora Sousa, para quem só um amento exponencial de casos que obrigasse ao regresso ao estado de emergência poderia impedir as escolas de abrirem na capital do país.

Para a responsável educativa, as escolas da Praia estão preparadas para receber os alunos, no atual contexto da pandemia da covid-19, em que todos já conhecem muito mais sobre o vírus e como se proteger.

“Vamos aprendendo a conviver, com muita responsabilidade, com esses factos”, afirmou Eleonora Sousa, que fez um balanço positivo de quase um mês de aulas presenciais no resto do país, também dentro do contexto atípico da pandemia.

Até à semana passada, pelo menos quatro escolas no país suspenderam temporariamente as suas atividades após casos confirmados de covid-19.

Devido à pandemia da covid-19, as aulas presenciais em Cabo Verde foram suspensas em março, no final do segundo período do ano letivo anterior, e foram retomadas a 01 de outubro em todo o país, com exceção da cidade da Praia, o principal foco de transmissão comunitária da doença.

Neste momento, os alunos da Praia estão a assistir a aulas à distância, através da recém-criada Televisão Educativa, além de conteúdos que são enviados pelos respetivos professores.

O concelho da Praia regista um acumulado de 4.789 casos de covid-19, com 41 óbitos, 3.997 recuperados e 741 casos ativos.

Cabo Verde regista um acumulado de 8.122 casos de covid-19 diagnosticados desde 19 de março, com 91 óbitos associados à doença no mesmo período.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 41,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

RIPE // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS