Covid-19: Cabo Verde com mais um óbito e 78 novas infeções

Cabo Verde registou hoje mais um óbito por covid-19, elevando para 41 o número de mortes associadas à doença, e mais 78 novas infeções, passando a ter um acumulado de 4.048 casos desde março, segundo dados oficiais.

Covid-19: Cabo Verde com mais um óbito e 78 novas infeções

Covid-19: Cabo Verde com mais um óbito e 78 novas infeções

Cabo Verde registou hoje mais um óbito por covid-19, elevando para 41 o número de mortes associadas à doença, e mais 78 novas infeções, passando a ter um acumulado de 4.048 casos desde março, segundo dados oficiais.

Em comunicado, o Ministério da Saúde e da Segurança Social informou que o óbito foi de um doente natural do concelho do Tarrafal, na ilha de Santiago.

Em conferência de imprensa para fazer o ponto de situação da pandemia no país, o diretor nacional de Saúde, Artur Correia, avançou que se trata de uma idosa de 84 anos, mas que estava internada no Hospital Regional Santa Rita Vieira, em Santa Catarina de Santiago, com outras complicações de saúde.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, o país registou mais 78 novos casos positivos de covid-19, de um total de 376 amostras processadas na terça-feira, mas referentes aos dias 25 a 30 de agosto.

Dos novos casos, 39 foram diagnosticados na ilha de Santiago, distribuídos pelos concelhos da Praia (26), Tarrafal (10), Ribeira Grande (02) e Santa Catarina (01).

Os outros casos positivos foram registados nas ilhas do Fogo (33), todos no concelho do Mosteiros, São Vicente (01), Sal (02) e Ribeira Grande de Santo Antão (03).

Nas últimas 24 horas, o país contabilizou ainda 37 doentes recuperados (27 na Praia, dois na Ribeira Grande de Santiago, um em Santa Catarina, um em São Miguel, três em São Lourenço, três em Mosteiros), segundo o Ministério da Saúde.

Com estes novos dados, o país ultrapassou a barreira dos 4.000 mil casos acumulados desde 19 de março (4.048), dos quais 3.460 casos recuperados, dois transferidos e tem neste momento 545 casos ativos, dos quais 116 em isolamento institucional e 429 em isolamento domiciliar.

Os novos dados foram avançados no dia em que o Governo cabo-verdiano prorrogou a situação de calamidade nas ilhas de Santiago e Sal, e declarou-a na ilha do Fogo, até 31 de outubro, e anunciou um conjunto de medidas restritivas ao funcionamento das atividades que propiciam o ajuntamento de pessoas.

O diretor nacional de Saúde disse que o país continua com o cenário de estabilidade, e que o grande desafio é aguentar a “carga” de casos e tentar diminuir a estabilidade para um nível inferior.

Artur Correia sublinhou a “situação muito preocupante” nos Mosteiros, na ilha do Fogo, revelando que o concelho vai ser reforçado ainda esta semana com médicos e enfermeiros, no sentido de evitar o alastramento de casos a outros concelhos da também conhecida como “Ilha do Vulcão”.

A pandemia do coronavírus que provoca a covid-19 já provocou pelo menos 857.824 mortos e infetou mais de 25,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

RIPE // LFS

Lusa/Fim  

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS