Covid-19: Cabo Verde com mais 11 infetados nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias de Cabo Verde diagnosticaram mais 11 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando a 11.883 os casos acumulados desde 19 de março, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

Covid-19: Cabo Verde com mais 11 infetados nas últimas 24 horas

Covid-19: Cabo Verde com mais 11 infetados nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias de Cabo Verde diagnosticaram mais 11 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando a 11.883 os casos acumulados desde 19 de março, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

Em comunicado, aquele ministério referiu que os laboratórios de virologia do arquipélago processaram 882 amostras — um dos maiores registos diários – desde sexta-feira, com o concelho da Praia, capital do país e principal foco da doença, a não registar qualquer novo infetado, mantendo 56 casos ativos.

Ainda na ilha de Santiago, nenhum outro concelho registou igualmente novos casos da doença.

Os casos positivos confirmados nas últimas 24 horas registaram-se nas ilhas do Fogo (5), Maio (3), São Vicente (2) e Santo Antão (1).

Nas últimas 24 horas foram dados como recuperados da doença 12 casos em todo o arquipélago, mantendo-se um total acumulado de 113 mortes por complicações associadas à covid-19 e três por causas externas.

Cabo Verde passa a contar com um acumulado de 11.883 casos da doença desde 19 de março, quando foi diagnosticado o primeiro doente com a covid-19 no arquipélago, distribuídos por todos os 22 municípios das nove ilhas habitadas do arquipélago, segundo os dados do Ministério da Saúde.

O arquipélago conta atualmente com 187 casos ativos da doença e 11.578 recuperados, enquanto dois infetados, estrangeiros, foram transferidos para os países de origem.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.827.565 mortos resultado de mais de 83,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

PVJ // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS