Covid-19: Cabo Verde com 134 novos casos, mais de metade em São Filipe

Cabo Verde reportou hoje mais 134 novos casos de covid-19, dos quais 72 no concelho de São Filipe, na ilha do Fogo, o novo foco dos contágios da doença, cujo total acumulado no país aumentou para 9.694 casos.

Covid-19: Cabo Verde com 134 novos casos, mais de metade em São Filipe

Covid-19: Cabo Verde com 134 novos casos, mais de metade em São Filipe

Cabo Verde reportou hoje mais 134 novos casos de covid-19, dos quais 72 no concelho de São Filipe, na ilha do Fogo, o novo foco dos contágios da doença, cujo total acumulado no país aumentou para 9.694 casos.

O Ministério da Saúde e da Segurança Social informou em comunicado que os laboratórios de virologia do país analisaram 681 amostras na quarta-feira, e encontram 134 novos casos positivos.

Mais de metade nos novos casos (72) foram registados no concelho de São Filipe, na ilha do Fogo, o mais recente foco de transmissão da doença, tendo neste momento 177 casos ativos.

Tendo isso em conta, o novo diretor nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto, vai visitar a ilha do Fogo, com foco principal em São Filipe, foi hoje anunciado.

Ainda na ilha do Fogo, que se mantém em estado de calamidade a par de Santiago, foram registados mais nove casos no concelho dos Mosteiros.

A ilha de Santiago diagnosticou mais 31 casos, distribuídos pelos concelhos da Praia (27), Ribeira Grande, Tarrafal, Santa Catarina e São Lourenço dos Órgãos, com um caso cada.

Os restantes casos foram contabilizados nas ilhas de São Vicente (21) e no Porto Novo, em Santo Antão, com um novo caso.

Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde cabo-verdianas deram alta a mais 175 pessoas, aumentando para 9.004 o total de doentes considerados recuperados.

Do total de 9.694 casos de covid-19 acumulados no país desde 19 de março, o país mantém 102 óbitos, dois doentes transferidos e tem atualmente 586 casos ativos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.285.160 mortos em mais de 52,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

RIPE // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS