Covid-19: Brasil regista mais 434 mortes e aproxima-se da marca de 570 mil vítimas

O Brasil registou 434 mortes provocadas pela covid-19 em 24 horas, aproximando-se da marca de 570 mil vítimas mortais (569.492) desde o começo da pandemia.

Covid-19: Brasil regista mais 434 mortes e aproxima-se da marca de 570 mil vítimas

Covid-19: Brasil regista mais 434 mortes e aproxima-se da marca de 570 mil vítimas

O Brasil registou 434 mortes provocadas pela covid-19 em 24 horas, aproximando-se da marca de 570 mil vítimas mortais (569.492) desde o começo da pandemia.

São Paulo, 16 ago 2021 (Lusa) — O Brasil registou 434 mortes provocadas pela covid-19 em 24 horas, aproximando-se da marca de 570 mil vítimas mortais (569.492) desde o começo da pandemia, informou hoje o Ministério da Saúde.

O maior país da América Latina registou 14.471 casos em 24 horas, elevando o número total de contágios notificados para 20.378.570.

O Brasil é a segunda nação em número de mortes na pandemia, atrás dos Estados Unidos, e a terceira em número de infeções, depois dos Estados Unidos e da Índia.

O estado de São Paulo mantém a liderança absoluta em número de mortes e casos no Brasil, com um total de 142.609 óbitos e 4.170.541 notificações de casos da doença.

Em relação às mortes, no segundo lugar surge o Rio de Janeiro (60.655), seguido por Minas Gerais (51.970), Paraná (36.535) e Rio Grande do Sul (33.768).

Já em números totais de casos, o segundo lugar é ocupado por Minas Gerais (2.022.674), seguido pelo Paraná (1.417.811), Rio Grande do Sul (1.391.166) e Bahia (1.209.749).

A covid-19 provocou pelo menos 4.361.805 mortes em todo o mundo, entre mais de 207,19 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

CYR // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS