Covid-19: Brasil regista 328 mortes e 11.866 novos casos nas últimas 24 horas

O Brasil, um dos países mais atingidos pela pandemia de covid-19 no mundo, registou 328 mortes e 11.866 novos casos nas últimas 24 horas, num momento em que os números continuam a baixar.

Covid-19: Brasil regista 328 mortes e 11.866 novos casos nas últimas 24 horas

Covid-19: Brasil regista 328 mortes e 11.866 novos casos nas últimas 24 horas

O Brasil, um dos países mais atingidos pela pandemia de covid-19 no mundo, registou 328 mortes e 11.866 novos casos nas últimas 24 horas, num momento em que os números continuam a baixar.

Rio de Janeiro, 06 nov 2021 (Lusa) – O Brasil, um dos países mais atingidos pela pandemia de covid-19 no mundo, registou 328 mortes e 11.866 novos casos nas últimas 24 horas, num momento em que os números continuam a baixar, segundo dados do governo.

Segundo o boletim divulgado hoje pelo Ministério da Saúde, o Brasil registou, desde o início da pandemia até agora, 609.388 mortes e 21.874.324 casos de infeção pela doença.

Estes dados confirmam que o gigante latino-americano, com 213 milhões de habitantes, é o segundo país do mundo em número de mortes por covid-19, ultrapassado apenas pelos Estados Unidos, e o terceiro em total de infetados pela doença, atrás dos EUA e da Índia.

Apesar dos totais acumulados, o número médio de mortes e casos mantém-se nos seus níveis mais baixos há vários meses, tendo caído quase 80% desde junho passado.

O número médio de mortes nos últimos sete dias foi de 242, ligeiramente acima dos 222 de quarta-feira, mas ainda assim o terceiro mais baixo em quase 19 meses.

A 12 de abril, no auge da segunda vaga da pandemia, o Brasil teve uma média recorde de 3.124 mortes por dia numa semana, um número quase catorze vezes superior ao de hoje.

O número médio de casos na última semana, entretanto, foi de 10.033 por dia, de acordo com os dados divulgados hoje, ou seja, ligeiramente superior ao dos últimos dias.

O número médio de casos por dia é hoje quase um oitavo do número registado a 23 de junho, quando o país registou em média 77.328 infeções por dia numa semana, e permanece no seu nível mais baixo desde 13 de maio do ano passado.

De acordo com o Ministério da Saúde, dos quase 21,9 milhões de brasileiros que contraíram a doença, cerca de 21,1 milhões recuperaram, o equivalente a 96,3% do total, e outros 202.718, ou 0,9%, estão ainda sob cuidados médicos.

A forte queda nos números tem sido atribuída ao progresso na campanha de vacinação, que o Brasil começou tarde e lentamente.

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 157,4 milhões de brasileiros, 73,9% dos 213 milhões de habitantes do país, já receberam a primeira dose da vacinação contra a covid-19 e 123,4 milhões (57,9%) já têm o procedimento completo.

ATR // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS