Covid-19: Brasil com mais 860 mortos e 35.819 casos nas últimas 24 horas

O Brasil registou nas últimas 24 horas mais 860 mortes por covid-19 e 35.819 novos casos de infeção pela doença, indicou o Ministério da Saúde brasileiro.

Covid-19: Brasil com mais 860 mortos e 35.819 casos nas últimas 24 horas

Covid-19: Brasil com mais 860 mortos e 35.819 casos nas últimas 24 horas

O Brasil registou nas últimas 24 horas mais 860 mortes por covid-19 e 35.819 novos casos de infeção pela doença, indicou o Ministério da Saúde brasileiro.

Brasília, 24 mai 2021 (Lusa) – O Brasil registou nas últimas 24 horas mais 860 mortes por covid-19 e 35.819 novos casos de infeção pela doença, segundo dados do Ministério brasileiro da Saúde.

Assim, e de acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, o número total de mortes por covid-19 no Brasil desde o início da pandemia aumentou para 449.068, enquanto o número de casos de infeção pela doença atingiu 16.083.258.

No sábado, o país sul-americano, com 212 milhões de habitantes, tinha registado 1.899 mortes e 76.490 novos casos de infeção por covid-19, segundo os mesmos dados do Ministério brasileiro da Saúde, num momento em que os especialistas alertam para uma possível terceira vaga da pandemia no país.

As infeções aumentaram nas últimas semanas, após o fim das medidas de distanciamento social impostas pelos governadores e prefeitos, e as preocupações dos especialistas subiram de tom nos últimos dias, depois de terem sido detetados no país os primeiros casos da variante originalmente detetada na Índia.

O ministro da Saúde anunciou este domingo o envio de quase 300 mil doses adicionais de vacinas contra a covid-19 para o Maranhão, estado onde foram registados casos de infeção com a nova variante do vírus detetada na Índia.

De acordo com o ministro, estas doses representam 5% a mais do que estava previsto para o Maranhão, segundo o Plano Nacional de Imunização.

O fim de semana no Rio de Janeiro, um dos estados brasileiros mais afetados pela pandemia, foi marcado por uma grande concentração de pessoas em bares e restaurantes, sem respeito pelas medidas de distanciamento social ou de uso de máscara, segundo notícias nos órgãos de comunicação social brasileiros.

Na manhã de hoje, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participou num passeio de moto na capital do estado, sem máscara, e subiu para um carro de som para discursar, provocando grande aglomeração de apoiantes.

Um decreto da Prefeitura do Rio mantém a proibição de realização de eventos em áreas públicas, medida em vigor até 31 de maio e o uso de máscara é obrigatório no Rio.

Cinco meses após o início do processo de vacinação no Brasil, cerca de 20% da população recebeu pelo menos uma dose da vacina, enquanto a percentagem é de cerca de 10% no caso daqueles que completaram as duas doses.

Deste modo, o Brasil continua a ser o segundo país com mais mortos no mundo por covid-19 e o terceiro com mais infeções, em números absolutos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.456.282 mortos no mundo, resultantes de mais de 166,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.017 pessoas dos 845.224 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

ATR (MYMM) // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS