Covid-19: BNU doa mais de 11.500 euros à Santa Casa da Misericórdia de Macau

O Banco Nacional Ultramarino em Macau doou hoje à Santa Casa da Misericórdia 100 mil patacas (mais de 11.500 euros) para apoiar a instituição no combate ao surto do novo coronavírus, anunciou o banco em comunicado.

Covid-19: BNU doa mais de 11.500 euros à Santa Casa da Misericórdia de Macau

Covid-19: BNU doa mais de 11.500 euros à Santa Casa da Misericórdia de Macau

O Banco Nacional Ultramarino em Macau doou hoje à Santa Casa da Misericórdia 100 mil patacas (mais de 11.500 euros) para apoiar a instituição no combate ao surto do novo coronavírus, anunciou o banco em comunicado.

“No âmbito da sua estratégia de responsabilidade social, o BNU doou 100.000 patacas à Santa Casa da Misericórdia de Macau, com o principal objetivo de apoiar os esforços desenvolvidos no combate ao atual surto epidémico do Covid-19”, pode ler-se na mesma nota.

Na quarta-feira, o BNU já doara à Caritas 100 mil patacas e anunciara a abertura de uma conta de angariação de fundos, também para ajudar a instituição.

A Santa Casa da Misericórdia de Macau foi fundada em 1569 e tem um orçamento superior a 70 milhões de patacas (8,1 milhões de euros), com uma despesa mensal em salários superior a três milhões de patacas (350 mil euros). A obra social da Misericórdia em Macau abrange áreas como o apoio a deficientes, idosos e crianças e possui ainda uma loja social.

Já a Cáritas Macau providencia serviços sociais que abrangem os mais idosos e deficientes, passando pelo apoio aos mais jovens e menores, até às vítimas de violência doméstica. Tem um orçamento anual na ordem dos 400 milhões de patacas (46,3 milhões de euros e 1.300 colaboradores.

Do grupo Caixa Geral de Depósitos, o BNU é, juntamente com o Banco da China, banco emissor de moeda em Macau.

JMC // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS