Covid-19: Berlim levantou praticamente todas as restrições

Berlim foi o primeiro estado da Alemanha a levantar praticamente todas as restrições relacionadas com a pandemia da covid-19, e outros estados federados deverão fazer o mesmo durante o fim de semana.

Covid-19: Berlim levantou praticamente todas as restrições

Covid-19: Berlim levantou praticamente todas as restrições

Berlim foi o primeiro estado da Alemanha a levantar praticamente todas as restrições relacionadas com a pandemia da covid-19, e outros estados federados deverão fazer o mesmo durante o fim de semana.

Berlim levantou praticamente todas as restrições relacionadas com a pandemia da covid-19. Na capital, os berlinenses puderam entrar, pela primeira vez em dois anos, em estabelecimentos comerciais sem máscara, mas as autoridades mantêm a obrigatoriedade de proteção em transportes públicos e em unidades de saúde como hospitais e consultórios médicos.

Brasileiros não tiram máscara por politização e receio de associação a Bolsonaro
Analistas afirmam que a politização da pandemia e receio de ser identificado como apoiante de Jair Bolsonaro faz com que muitos brasileiros continuem a utilizar a máscara (… continue a ler aqui)

As autoridades de saúde também determinaram que deixa de ser obrigatório o uso de máscara em estabelecimentos de ensino, embora a decisão tenha sido criticada pelos sindicatos de professores, dada a elevada incidência de casos nas escolas do secundário.

Os distritos ou regiões que apresentem indicadores pandémicos elevados são declarados “focos” de covid-19, o que significa que se mantêm as regras restritivas de controlo da doença.

De acordo com o Instituto de Virologia Robert Koch, a Alemanha regista uma incidência acumulada a sete dias de 1.586 casos de infeção por 100.000 habitantes. No estado de Berlim a incidência é de 915 casos por 100.000 habitantes.

Impala Instagram


RELACIONADOS