Covid-19: Banco Mundial apoia resposta de Timor-Leste com projeto de 824.000 euros

O Banco Mundial aprovou um projeto de emergência no valor de um milhão de dólares (cerca de 824.000 euros) para apoiar Timor-Leste na luta contra a pandemia de covid-19, anunciou hoje a instituição financeira.

Covid-19: Banco Mundial apoia resposta de Timor-Leste com projeto de 824.000 euros

Covid-19: Banco Mundial apoia resposta de Timor-Leste com projeto de 824.000 euros

O Banco Mundial aprovou um projeto de emergência no valor de um milhão de dólares (cerca de 824.000 euros) para apoiar Timor-Leste na luta contra a pandemia de covid-19, anunciou hoje a instituição financeira.

Este apoio vai fornecer um apoio rápido para melhor prevenir e responder à ameaça da pandemia e reforçar os sistemas existentes para enfrentar o desafio de futuras emergências de saúde pública.

“Embora Timor-Leste ainda não registe um grande número de casos de covid-19, existe o risco de uma segunda vaga de casos, à medida que a atividade económica recomeça e os países reabrem as suas fronteiras”, refere o Banco Mundial, em comunicado.

Perante este risco, o projeto de emergência irá apoiar o Ministério da Saúde na aplicação do seu plano de resposta à covid-19 através de uma melhor vigilância da saúde pública e capacidade de transporte.

O Projeto de Apoio de Emergência Covid-19 a Timor-Leste irá melhorar a capacidade de vigilância pública, através da formação de pessoal de saúde, reforço da supervisão, e facilitando a distribuição equitativa de fornecimentos e bens essenciais às instalações de saúde.

Irá ainda financiar o transporte seguro por ambulância de doentes infetados com o novo coronavírus e outros doentes necessitados, através da compra de 11 ambulâncias para colmatar as lacunas que existem nesta área em algumas zonas do país.

“Elogiamos o Governo de Timor-Leste por pôr em prática medidas rápidas e eficazes que ajudem a enfrentar os riscos sanitários imediatos da pandemia de covid-19 e protejam a população de um surto grave”, disse Macmillan Anyanwu, gestor nacional do Banco Mundial para Timor-Leste.

E acrescentou: “Estamos satisfeitos por podermos prestar este rápido apoio que contribuirá para a construção de resiliência e para reforçar ainda mais o sistema de saúde de Timor-Leste para melhor responder à pandemia e às futuras emergências de saúde pública”.

O grupo do Banco Mundial, uma das maiores fontes de financiamento e conhecimento para os países em desenvolvimento, está a disponibilizar até 160 mil milhões de dólares (cerca de 131 mil milhões de euros) – num período de 15 meses que termina em junho de 2021 – para ajudar mais de 100 países a proteger os pobres e vulneráveis, apoiar as empresas, e apoiar a recuperação económica.

SMM // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS