Covid-19: Autoridades moçambicanas lançam inquérito sero-epidemiológico em Inhambane

O Instituto Nacional de Saúde (INS) de Moçambique vai lançar, no sábado, um inquérito sero-epidemiológico na província de Inhambane, visando identificar grupos e áreas de maior exposição ao novo coronavírus.

Covid-19: Autoridades moçambicanas lançam inquérito sero-epidemiológico em Inhambane

Covid-19: Autoridades moçambicanas lançam inquérito sero-epidemiológico em Inhambane

O Instituto Nacional de Saúde (INS) de Moçambique vai lançar, no sábado, um inquérito sero-epidemiológico na província de Inhambane, visando identificar grupos e áreas de maior exposição ao novo coronavírus.

O inquérito vai abranger as 5.000 pessoas na cidade de Maxixe e outras 4.000 na cidade de Massinga, ambas naquela província do sul do país, neste que é o décimo estudo do género que se realiza, segundo informações avançadas à Lusa por fonte do Ministério da Saúde.

O estudo em Inhambane eleva para 10 o número de inquéritos sero-epidemiológicos realizados no país, depois das províncias de Nampula, Cabo Delgado, Maputo, Zambézia, Tete, Sofala, Niassa, Manica e Gaza.

A província de Inhambane tem 12 casos ativos de covid-19, do total de 13.485 infeções já registadas no país desde o anúncio do primeiro caso, em 22 de março.

Moçambique contabiliza ainda 99 óbitos em todo o país e 11.275 (83%) pessoas dadas como recuperadas, segundo a última atualização.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos em mais de 48,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 44.843 mortos confirmados em mais de 1,8 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LYN // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS