Covid-19: Autarca de Vila Real preocupado com demora nos resultados a testes no hospital

O presidente da Câmara de Vila Real diz que “é incompreensível” a demora na divulgação dos resultados do rastreio realizado após terem sido detetados quatro casos de covid-19 no hospital.

Covid-19: Autarca de Vila Real preocupado com demora nos resultados a testes no hospital

Covid-19: Autarca de Vila Real preocupado com demora nos resultados a testes no hospital

O presidente da Câmara de Vila Real diz que “é incompreensível” a demora na divulgação dos resultados do rastreio realizado após terem sido detetados quatro casos de covid-19 no hospital.

Vila Real, 04 out 2020 (Lusa) — O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, considerou hoje que “é incompreensível” a demora na divulgação dos resultados do rastreio realizado após terem sido detetados quatro casos de covid-19 no hospital.

“Julgo que ao fim de mais de 36 horas era expectável já termos todos os resultados, porque temos informação segura de que o centro hospitalar tem capacidade para em três, quatro horas fornecer todos esses testes e eu estou um pouco estupefacto por tal ainda não ter acontecido”, afirmou Rui Santos aos jornalistas.

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) divulgou no sábado que foram detetados quatro casos positivos de covid-19 no hospital de Vila Real, entre os quais três profissionais de saúde e um utente.

Segundo o CHTMAD, os casos positivos foram isolados de imediato, todos os seus contactos sinalizados e foram realizados 145 testes a utentes e aos profissionais de saúde do serviço em causa.

Para o autarca, a demora na divulgação dos resultados “é completamente incompreensível” e não lhe parece razoável, considerando que era importante verificar se, dessas 145 análises, há mais casos “para que se pudesse seguir a linha de contágio na comunidade e se pudesse aferir da necessidade de agir e adotar medidas complementares”.

“O centro hospitalar teve um investimento muito grande nos últimos meses relacionado com todo o equipamento ligado à covid-19, teve também no seu laboratório um grande investimento e tenho a convicção de que tem neste momento capacidade para ter resultados na rua em três, quatro horas”, salientou.

A Câmara de Vila Real disse que, na sequência da deteção dos casos positivos no hospital, foram efetuados “muitos outros testes, abrangendo as pessoas que poderiam ter contactado com os infetados”.

Ate´ este momento, acrescentou, foi detetado um outro caso positivo, um jovem estudante que frequenta o Agrupamento de Escolas Diogo Cão.

Como medida de prevenção, os alunos da mesma turma foram contactados para procederem a isolamento profilático e, segundo o município, também a sala do ATL frequentada por esse aluno será encerrada e os colegas contactados.

A câmara salientou que os “professores envolvidos, por apresentarem um risco inferior de contágio, não verão a sua atividade afetada”.

O conselho de administração do CHTMAD garantiu “a toda a população e aos profissionais de saúde, que estão asseguradas todas as condições de segurança no centro hospitalar”.

A situação está a ser acompanhada “em estreita colaboração” pelo município de Vila Real e as autoridades de saúde.

Segundo o presidente, há hoje um total de 23 casos ativos de covid-19 no concelho de Vila Real, não estando nenhum deles internado.

Portugal ultrapassou hoje os 2.000 óbitos associados à covid-19 desde o início da pandemia, totalizando 2.005 mortes, mais 10 relativamente a sábado, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). O país contabiliza 79.151 casos confirmados de infeção.

PLI // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS