Covid-19: Angola registou mais 49 infeções nas últimas 24 horas

Angola registou mais 49 infeções por covid-19 nas últimas 24 horas, somando agora 687 casos, informou o secretário de Estado para a Saúde Pública.

Covid-19: Angola registou mais 49 infeções nas últimas 24 horas

Covid-19: Angola registou mais 49 infeções nas últimas 24 horas

Angola registou mais 49 infeções por covid-19 nas últimas 24 horas, somando agora 687 casos, informou o secretário de Estado para a Saúde Pública.

Segundo o balanço epidemiológico feito hoje por Franco Mufinda, trata-se de 40 pessoas de sexo masculino e nove de sexo feminino, todas de Luanda.

Angola passa assim a ter 687 casos de covid-19, dos quais 29 óbitos, 210 recuperador e 448 ativos, incluindo 11 que requerem cuidados especiais, dos quais seis em estado crítico

Nas últimas 24 horas foram processadas 2515 amostras, das quais 49 com resultados positivos.

Foram também feitos 2.425 testes serológicos (testes rápidos), dos quais 117 foram reativos (desenvolveram anticorpos atestando imunidade ou fase ativa da doença) o que traduz uma exposição ao vírus causador da covid-19 de cinco pessoas em cada 100.

Franco Mufinda adiantou que se encontram casos reativos nas províncias da Huíla, Cabinda, Benguela e Lunda Norte, que terão de ser confirmados por testes de biologia molecular, conhecidos como RT-PCR.

A transmissão comunitária já foi declarada no país, por enquanto circunscrita à província de Luanda, segundo as autoridades angolanas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 596 mil mortos e infetou mais de 14 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Em África, há 14.399 mortos confirmados em mais de 664 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (2.350 casos e 51 mortos), apesar de ter revisto em baixa os casos após vários dias sem atualizações, seguida da Guiné-Bissau (1.949 casos e 26 mortos), Cabo Verde (1.939 casos e 19 mortos), Moçambique (1.402 casos e nove mortos), São Tomé e Príncipe (741 casos e 14 mortos) e Angola (687 infetados e 29 mortos).

RCR // HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS