Covid-19: Angola registou 32 novas infeções e uma morte nas últimas 24 horas

Angola registou, nas últimas 24 horas, 32 novas infeções pelo novo coronavírus, uma morte e 64 doentes recuperados, totalizando 20.062 casos positivos, 475 óbitos e 18.495 recuperações, informaram as autoridades sanitárias.

Covid-19: Angola registou 32 novas infeções e uma morte nas últimas 24 horas

Covid-19: Angola registou 32 novas infeções e uma morte nas últimas 24 horas

Angola registou, nas últimas 24 horas, 32 novas infeções pelo novo coronavírus, uma morte e 64 doentes recuperados, totalizando 20.062 casos positivos, 475 óbitos e 18.495 recuperações, informaram as autoridades sanitárias.

De acordo com a informação diária sobre a covid-19 em Angola, os casos foram registados nas províncias de Luanda (14) Lunda Sul (12), Huíla (2), Namibe (2), Bié (1) e Huambo (1), e em pessoas com idades compreendidas entre um e 82 anos, sendo 25 homens e sete mulheres.

No mesmo período foi notificada a morte atribuída a covid-19 de um cidadão angolano, de 46 anos, em Luanda, enquanto foram dadas como recuperadas da doença 55 pessoas na Lunda Sul, quatro em Luanda, três no Huambo e duas no Bié, com idades que variam de 24 a 64 anos.

De acordo com os dados hoje disponibilizados pela Direção Nacional de Saúde Pública, Angola regista atualmente 1.092 casos ativos, dos quais dois em estado crítico, 11 graves, 88 moderados, 82 leves e 909 assintomáticos.

Em acompanhamento nos centros de tratamento do país estão 183 doentes internados, e em quarentena 145 outras pessoas.

Os laboratórios processaram, nas últimas 24 horas, 630 amostras por RT-PCR, apontando o cumulativo para 367.905 análises processadas, com uma taxa de positividade de 5.5%.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.285.334 mortos resultantes de mais de 104,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

NME // ANP

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS