Covid-19: Angola regista 43 novas infeções e 57 recuperados nas últimas 24 horas

As autoridades de saúde angolanas reportaram hoje 43 novas infeções por covid-19 e 57 doentes recuperados, nas últimas 24 horas, sem o registo de nenhuma morte.

Covid-19: Angola regista 43 novas infeções e 57 recuperados nas últimas 24 horas

Covid-19: Angola regista 43 novas infeções e 57 recuperados nas últimas 24 horas

As autoridades de saúde angolanas reportaram hoje 43 novas infeções por covid-19 e 57 doentes recuperados, nas últimas 24 horas, sem o registo de nenhuma morte.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Pública, do total de casos registados nas últimas 24 horas, 23 foram em Luanda, nove em Benguela, nove no Zaire, um no Huambo e igual número em Malanje, com idades entre os três e 69 anos, sendo 27 do sexo masculino e 16 feminino.

Relativamente aos recuperados, 51 foram em Luanda, três no Huambo, dois no Cuando Cubango e um em Benguela, com idades dos dez meses aos 61 anos.

Com os dados notificados no período em referência, o país soma por agora um total de 21.489 casos positivos, 522 óbitos, 20.028 recuperados e 939 ativos, dos quais seis em estado crítico, 14 graves, 38 moderados, 29 leves e 852 assintomáticos, estando internadas 82 pessoas, 98 sob quarenta institucional e 1.391 contactos sob vigilância epidemiológica.

Os dados indicam no que se refere aos laboratórios, o processamento de 1.207 amostras por RT-PCR, apontando o cumulativo para 414.240 amostras processadas, com uma taxa de positividade de 5,2%.

Nos pontos de entrada e saída da província de Luanda, a capital angolana, a única sob cerca sanitária, foram testadas na base de testes rápidos serológicos 608 pessoas, com o complemento do antigénio nos casos reativos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.671.720 mortos no mundo, resultantes de mais de 120,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

NME // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS