Covid-19: Angola permite possibilidade de rotação de funcionários governamentais

O Governo de Angola decretou que várias células governamentais e administrativas vão poder optar pela adoção de planos de rotação dos seus funcionários de forma intermitente para conter a propagação de covid-19.

Covid-19: Angola permite possibilidade de rotação de funcionários governamentais

Covid-19: Angola permite possibilidade de rotação de funcionários governamentais

O Governo de Angola decretou que várias células governamentais e administrativas vão poder optar pela adoção de planos de rotação dos seus funcionários de forma intermitente para conter a propagação de covid-19.

“Os departamentos ministeriais, governos provinciais, administrações municipais, comunais e de distrito urbano podem optar pela adoção de planos de rotação do pessoal na modalidade de trabalho intermitente de um dia de trabalho seguido de suspensão, ou pela modalidade de trabalho de uma semana laboral seguida de suspensão por igual período”, refere um decreto executivo datado de 02 de abril e consultado hoje pela Lusa.

O documento, assinado pela ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Rodrigues Dias, refere que os organismos abrangidos pelo decreto “devem criara as condições de segurança e locomoção” dos funcionários durante o estado de emergência.

Angola regista oito casos de infeção, dos quais resultaram duas mortes.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 54 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 200.000 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia

A pandemia afeta já 50 dos 55 países e territórios africanos, com mais de 7.000 infeções e 280 mortes, segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (CDC Africa).

 

JYO // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS