Covid-19: Angola não registou mortes nas últimas 24 horas

Angola registou hoje 85 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, sem óbitos, e 66 doentes foram considerados recuperados, nas últimas 24 horas.

Covid-19: Angola não registou mortes nas últimas 24 horas

Covid-19: Angola não registou mortes nas últimas 24 horas

Angola registou hoje 85 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, sem óbitos, e 66 doentes foram considerados recuperados, nas últimas 24 horas.

Luanda, 15 dez 2020 (Lusa) – Angola registou hoje 85 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, sem óbitos, e 66 doentes foram considerados recuperados, nas últimas 24 horas, informaram as autoridades de saúde.

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, as infeções notificadas nas últimas 24 horas estão distribuídas pelas províncias de Luanda (43), Zaire (24), Cuanza Sul (7), Huíla (3), Moxico, Benguela, Cabinda e Malanje (cada uma com dois casos).

Os casos foram registados em pessoas com idades entre os 05 e 81 anos, sendo 46 homens e 39 mulheres.

Franco Mufinda informou que foram dadas como recuperadas 66 pessoas, dos 2 aos 66 anos, sendo 49 na província do Moxico, cinco na Lunda Sul, igual número em Malanje, quatro na Huíla e três em Luanda.

Angola passa a ter um total de 16.362 casos positivos, 372 mortes, 8.990 recuperados e 7.000 ativos, dos quais sete se encontram em estado crítico, cinco grave, 81 moderados, 137 leves e 6.770 assintomáticos.

Nos centros de tratamento estão a seguidos 230 doentes, tendo os laboratórios processado 2.291 amostras, das quais 85 tiveram resultados positivos, representando uma taxa diária de positividade de 3.7%.

“O cumulativo até à data aponta para 275.771 amostras processadas com 16.362 positivas, remetendo-nos a uma taxa cumulativa de positividade de 5.9%”, referiu.

O governante angolano informou que foram testados, numa primeira fase, 4.307 reclusos, entre os quais 4.043 homens e 264 mulheres, tendo como resultado três novas infeções, o que representa uma taxa de positividade de 0.07%.

“Havemos de continuar com a atividade de testagem nas pessoas privadas de liberdade”, referiu Franco Mufinda.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.621.397 mortos resultantes de mais de 72,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Entre os países lusófonos, Angola regista 372 óbitos e 16.362 casos, seguindo-se Moçambique (144 mortos e 17.042 casos), Cabo Verde (110 mortos e 11.361 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.195 casos), Guiné-Bissau (44 mortos e 2.446 casos) e São Tomé e Príncipe (17 mortos e 1.009 casos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

NME // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS