Covid-19: Angola com mais seis casos e total de infetados sobe para 172

Angola registou hoje seis novos casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando para 172 o número total de registos, anunciou hoje a ministra da Saúde, Silvia Lutucuta.

Covid-19: Angola com mais seis casos e total de infetados sobe para 172

Covid-19: Angola com mais seis casos e total de infetados sobe para 172

Angola registou hoje seis novos casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando para 172 o número total de registos, anunciou hoje a ministra da Saúde, Silvia Lutucuta.

No balanço epidemiológico diário, a governante indicou que se trata de cidadãos entre os 09 e os 29 anos, sendo quatro destes casos relacionados com a cerca sanitária do bairro Hoji Ya Henda, em Luanda, um com a clínica Multiperfil, e outro com a província do Cuanza Norte, onde foram recentemente diagnosticadas três infeções.

O número total de infetados eleva-se assim para 172, registando-se oito óbitos, 66 recuperados e 98 ativos, entre os quais um que requer atenção especial e os restantes assintomáticos.

Os testes estão a ser realizados em três centros, tendo sido recebidas 19.840 amostras, das quais 4.014 estão em processamento.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 454 mil mortos e infetou mais de 8,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 7.395 mortos confirmados em mais de 275 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (1.664 casos e 32 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.541 casos e 17 mortos), Cabo Verde (848 casos e oito mortos), São Tomé e Príncipe (683 casos e 12 mortos), Moçambique (668 casos e quatro mortos) e Angola (172 infetados e oito mortos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

 

RCR // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS