Covid-19: Alemanha ultrapassa 160 mil casos diagnosticados

A Alemanha, o quinto país com mais casos de covid-19 no mundo, regista 160.758 infeções, um aumento de 1.639 em relação ao dia anterior, e um crescimento de 193 óbitos para um total de 6.481.

Covid-19: Alemanha ultrapassa 160 mil casos diagnosticados

Covid-19: Alemanha ultrapassa 160 mil casos diagnosticados

A Alemanha, o quinto país com mais casos de covid-19 no mundo, regista 160.758 infeções, um aumento de 1.639 em relação ao dia anterior, e um crescimento de 193 óbitos para um total de 6.481.

De acordo com os números divulgados pelo Instituto Robert Koch (RKI) existe agora um valor aproximado de 126.900 pessoas que superaram a doença, número que subiu 3.300 nas últimas 24 horas.

A Baviera, o estado mais afetado com a doença, concentra mais de um quarto dos casos diagnosticados, 42.489, e 1.850 vítimas mortais.

Esta quinta-feira, as autoridades alemãs decidiram reabrir locais de culto, museus e jardins zoológicos sob medidas rigorosas de segurança e respeitando o distanciamento social. As conclusões surgiram depois de uma reunião entre a chanceler Angela Merkel e os líderes dos 16 estados federados.

Decisões sobre a reabertura de escolas, creches, restaurantes e sobre o retomar dos jogos do campeonato alemão ficaram adiadas para a próxima semana.

Esta sexta-feira são esperadas, em Berlim, concentrações de grupos de extrema-esquerda e extrema-direita contra as medidas de contenção que vigoram no país. Cerca de cinco mil polícias foram mobilizados para evitar estas manifestações não autorizadas.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 230 mil mortos e infetou mais de 3,2 milhões de pessoas em 195 países e territórios. 

Cerca de 908 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

 

JYD // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS