Covid-19: Alemanha regista 10.237 novas infeções e 666 mortes em 24 horas

As autoridades de saúde alemãs registaram 10.237 novas infeções devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas e 666 mortes, segundo os dados do Instituto Robert Koch.

Covid-19: Alemanha regista 10.237 novas infeções e 666 mortes em 24 horas

Covid-19: Alemanha regista 10.237 novas infeções e 666 mortes em 24 horas

As autoridades de saúde alemãs registaram 10.237 novas infeções devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas e 666 mortes, segundo os dados do Instituto Robert Koch.

As autoridades de saúde alemãs registaram 10.237 novas infeções devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas e 666 mortes, segundo os dados do Instituto Robert Koch (RKI) atualizados na madrugada de hoje.

Na quinta-feira da semana passada, foram contabilizadas 14.211 novas infeções e 786 mortes. O número máximo de infeções foi registado em 18 de dezembro com 33.777 novos contágios num dia e 1.244 óbitos em 14 de janeiro.

O número de casos positivos desde o anúncio do primeiro contágio no país, em 27 de janeiro de 2020, chegou aos 2.310.233, 2.087.600 pessoas já recuperaram, e o número de mortes pela covid-19 soma agora as 63.635.

Na Alemanha, atualmente, há 159.300 casos ativos do SARS-CoV-2.

No país, a incidência acumulativa continua a diminuir, situando-se em 64,2 casos por 100.000 habitantes – em comparação aos 68 casos por 100.000 habitantes de quarta-feira e 80,7 na semana anterior – e as novas infeções totalizaram 53.380 numa semana.

Em 28 de janeiro, a incidência acumulada caiu para menos de 100 pela primeira vez desde o final de outubro e na terça-feira caiu para menos de 75 em três meses. O pico de incidência na esfera federal havia sido registado em 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes numa semana.

O objetivo do Governo alemão nos últimos meses foi baixar a incidência para menos de 50 de forma sustentável, nível que considera necessário para poder refazer todas as cadeias de contágio.

Angela Merkel e os chefes de governo dos Estados concordaram, na quarta-feira, em prorrogar até 07 de março as restrições à vida pública em vigor desde o início de novembro e que foram reforçados em meados de dezembro.

O número de pacientes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos aumentou para 3.736, dos quais 2.095 precisam de respiração assistida, de acordo com dados da Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e Medicina de Emergência (DIVI).

O fator de reprodução (R) que leva em consideração as infeções em um intervalo de sete dias é de 0,82 na Alemanha como um todo, o que significa que a cada 100 infetados contagiam uma média de 82 outras pessoas.

Desde 26 de dezembro, o número de pessoas que já receberam a primeira dose de qualquer uma das três vacinas disponíveis contra covid-19 na Alemanha subiu para 2.405.156, o que corresponde a uma participação de 2,9%, enquanto 1.104.504 pessoas – 1,3% – receberam já receberam a segunda dose.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS