Covid-19: África regista mais 1.354 mortes e 40.143 infetados

África registou mais 1.354 mortes associadas à covid-19 e 40.143 infeções, e quase o dobro dos recuperados, nas últimas 24 horas, segundo dados do África CDC.

Covid-19: África regista mais 1.354 mortes e 40.143 infetados

Covid-19: África regista mais 1.354 mortes e 40.143 infetados

África registou mais 1.354 mortes associadas à covid-19 e 40.143 infeções, e quase o dobro dos recuperados, nas últimas 24 horas, segundo dados do África CDC.

Redação, 14 ago 2021 (Lusa) — África registou mais 1.354 mortes associadas à covid-19 e 40.143 infeções, e quase o dobro dos recuperados, nas últimas 24 horas, segundo dados do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC).

O número total de casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 ascende agora a 7.222.853, enquanto o de óbitos fixou-se em 182.452.

Quanto ao número de recuperados, o continente registou 75.292 casos, ascendendo o total de recuperações a 6.334.958.

Por região, África Austral continua a ser a mais afetada com 3.451.611 casos, dos quais 3.112.382 foram considerados recuperados, e 95.476 mortes.

Por sua vez, o Norte de África contabiliza agora 2.143.270 infeções, 1.796.769 recuperados e 58.528 mortes.

A África Oriental, por seu turno, tem 854.815 casos, 740.519 recuperados e 17.819 mortes associadas à covid-19.

Já a África Central é a região com menos casos, nomeadamente, 211.566, 179.042 dos quais recuperados, e 3.175 mortes.

Entre os países mais afetados pelo vírus destacam-se a África do Sul, com 2.582.427 casos e 76.631 mortes, a Tunísia, com 620.212 infetados e 21.600 óbitos, o Egito, com 285.158 casos e 16.509 mortes, e Marrocos, que contabiliza 741.836 infetados e 10.823 óbitos.

A Argélia, com 185.902 casos e 4.730 mortes, a Etiópia, que soma 288.159 casos de infeção e 4.460 óbitos e o Quénia, com 218.713 infetados e 4.302 mortos estão também entre os países mais atingidos pela pandemia.

No que diz respeito aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique apresenta 137.413 casos e 1.690 óbitos, seguido por Angola (44.328 casos e 1.082 óbitos), Cabo Verde (34.286 infetados e 298 mortos), Guiné Equatorial (8.951 casos e 123 óbitos), Guiné-Bissau (5.052 casos e 89 mortes) e São Tomé e Príncipe (2.482 infetados e 37 mortos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A covid-19 provocou pelo menos 4.333.013 mortes em todo o mundo, entre mais de 205,3 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

PE (MBA) // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS