Covid-19: África com menos 14% novos casos em relação à semana anterior – CDC

O registo de novos casos de covid-19 em África diminuiu 14% nos últimos sete dias em relação à semana anterior apesar do aumento dos testes de diagnóstico, anunciou hoje a União Africana.

Covid-19: África com menos 14% novos casos em relação à semana anterior - CDC

Covid-19: África com menos 14% novos casos em relação à semana anterior – CDC

O registo de novos casos de covid-19 em África diminuiu 14% nos últimos sete dias em relação à semana anterior apesar do aumento dos testes de diagnóstico, anunciou hoje a União Africana.

“Os números indicam que o que estamos a fazer funciona”, disse o diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), John Nkengasong, na conferência de imprensa semanal sobre a evolução da pandemia no continente africano.

Segundo John Nkengasong, mais de um milhão de pessoas já recuperaram da doença o que é “uma boa notícia para o continente”.

O continente africano regista pela segunda semana uma diminuição de novos contágios, com descidas notáveis na região central (menos 31% de novos casos), do norte (menos 26% de novos casos) e ocidental (menos 18% de novos casos).

Mas, apesar da descida de contaminações, países como a África do Sul, Etiópia, Marrocos, Líbia e Argélia registaram mais novos casos.

O diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana disse também que houve um aumento do número de testes realizados no continente, que subiu 6% em relação à semana anterior.

Segundo John Nkengasong, foram realizados 12,6 milhões de testes nos 55 países com uma taxa de positivos de 9,6% e os novos casos são, na sua maioria, “assintomáticos”.

Mas, quase 80% dos testes realizados foram feitos em apenas 10 países, nomeadamente África do Sul, Marrocos, Etiópia, Egito, Quénia, Gana, Ruanda, Nigéria, Uganda e Camarões.

África registou 219 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 30.294, havendo cerca de 257 mil casos ativos, de acordo com os números mais recentes da pandemia no continente.

Segundo o África CDC, nas últimas 24 horas registaram-se nos 55 Estados-membros da organização mais 8.109 casos e houve mais 8.668 recuperados.

No total, o continente soma 1.267.656 casos de infeção e 1.009.824 doentes já recuperaram, havendo assim 257.832 casos ativos no continente.

Entre os países africanos lusófonos, Moçambique contabiliza 4.117 casos e 25 mortos, Cabo Verde tem 4.048 casos e 41 mortos e Angola 2.777 casos e 112 mortos.

A Guiné-Bissau soma 2.245 infeções e 38 mortos e São Tomé e Príncipe conta 896 casos e 15 vítimas mortais.

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), regista 4.965 pessoas infetadas e 83 mortes, segundo os dados divulgados na terça-feira.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia do coronavírus que provoca a covid-19 já provocou pelo menos 857.824 mortos e infetou mais de 25,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

MSE // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS