Covid-19: África com mais 682 mortos e 21.548 casos nas últimas 24 horas

África registou 682 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 67.928 óbitos, e 21.548 novos casos.

Covid-19: África com mais 682 mortos e 21.548 casos nas últimas 24 horas

Covid-19: África com mais 682 mortos e 21.548 casos nas últimas 24 horas

África registou 682 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 67.928 óbitos, e 21.548 novos casos.

Lisboa, 05 jan 2021 (Lusa) — África registou 682 mortes devido à covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 67.928 óbitos, e 21.548 novos casos, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de casos é de 2.852.010 e há agora 2.359.506 recuperados, mais 15.656 nas últimas 24 horas.

A África Austral mantém-se como a região mais afetada, com 1.249.423 casos e 32.140 mortes.

Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, contabiliza um total de 1.113.349 infeções e passou hoje os 30 mil mortos (30.011).

O Norte de África é a segunda zona mais afetada pela pandemia, com 949.591 casos de infeção e 24.924 vítimas mortais.

A África Oriental regista 326.542 infeções e 6.047 mortos, na África Ocidental o número de infeções é de 250.414 e o de mortes ascende às 3.324, enquanto a África Central regista 76.040 casos e 1.493 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 7.863 mortos e 143.464 infetados, seguindo-se Marrocos, com 7.538 vítimas mortais e 443.802 infetados.

Entre os seis países mais afetados estão também a Tunísia, com 4.862 mortes e 144.796 infetados, a Argélia, com 2.777 óbitos e 100.645 casos, a Etiópia, com 1.950 vítimas mortais e 125.919 infeções, e o Quénia, com 1.686 óbitos e 96.908 infetados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Angola regista 408 óbitos e 17.684 casos, seguindo-se Moçambique (171 mortos e 19.463 casos), Cabo Verde (113 mortos e 11.949 casos), Guiné Equatorial (86 mortos e 5.279 casos), Guiné-Bissau (45 mortos e 2.446 casos) e São Tomé e Príncipe (17 mortos e 1.014 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.843.631 mortos resultantes de mais de 85 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

VM // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS