Covid-19: África com mais 351 mortes e 8.884 infetados nas últimas 24 horas

África registou mais 351 mortes associadas à covid-19 nas últimas 24 horas, contabilizando 129.069 óbitos desde o início da pandemia, e 8.884 infetados, de acordo com os dados mais recentes.

Covid-19: África com mais 351 mortes e 8.884 infetados nas últimas 24 horas

Covid-19: África com mais 351 mortes e 8.884 infetados nas últimas 24 horas

África registou mais 351 mortes associadas à covid-19 nas últimas 24 horas, contabilizando 129.069 óbitos desde o início da pandemia, e 8.884 infetados, de acordo com os dados mais recentes.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de casos na região é de 4.777.300 e o de recuperados é de 4.327.074, mais 10.744 nas últimas 24 horas.

A África Austral continua a ser a região mais afetada, com 2.049.156 casos e 64.142 óbitos associados à doença covid-19.

Nesta região, só a África do Sul, o país mais atingido pela covid-19 no continente, contabiliza 1.640.932 casos e 55.976 mortes.

O Norte de África é a segunda zona mais atingida, com 1.442.357 infetados e 43.461 vítimas mortais.

A África Oriental contabiliza 642.701 infeções e 12.484 mortos, enquanto na África Ocidental o número de infeções é de 470.916 e o de mortes é de 6.208.

Na África Central, os casos de infeção são 172.170 e há 2.774 óbitos registados.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 14.807 mortes e 256.124 infetados, seguindo-se a Tunísia, com 12.342 óbitos e 337.529 casos, e Marrocos, que contabiliza 517.423 casos de infeção e 9.129 mortes.

Entre os países mais afetados estão também a Etiópia, com 4.093 vítimas mortais e 269.782 infeções, e a Argélia, com 3.564 óbitos e 127.361 infetados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 833 mortes e 70.636 casos, seguindo-se Angola (735 óbitos e 32.933 casos de infeção), Cabo Verde (255 mortos e 29.549 casos), Guiné Equatorial (113 óbitos e 8.476 casos), Guiné-Bissau (68 mortos e 3.753 casos) e São Tomé e Príncipe (37 mortos e 2.336 casos).

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.475.079 mortos no mundo, resultantes de mais de 167,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

VM // FPA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS